A Pixar inseriu um nível incrível de detalhes em Toy Story 4 e aqui estão 29 exemplos disso

O primeiro Toy Story chegou às telas em 1995 e se essa informação não faz você se sentir velho, nada fará. Durante seu lançamento em um fim de semana, foi o filme de maior bilheteria, faturando mais de US $ 373 milhões em bilheterias mundialmente. Tanto a crítica quanto o público elogiaram todos os aspectos do filme: inovação técnica por trás da animação 3D, a sagacidade e a sofisticação temática, a originalidade do roteiro, a trilha sonora, os personagens e o a locução.

Vinte e quatro anos depois, Toy Story 4 segue os mesmos padrões, porém tentando ser ainda melhor (ou melhor, ao infinito e a além!). Recentemente, os usuários da Internet começaram a notar o quão incrivelmente sofisticados estão os efeitos do filme, mais uma vez aplaudindo o esforço que a Pixar colocou em seu trabalho.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

Toy Story 4 traz de volta personagens familiares como Woody (locução por Tom Hanks), Buzz Lightyear (Tim Allen) e Jessie (Joan Cusack) ao lado de novos brinquedos como Duke Caboom (Keanu Reeves), Forky (Tony Hale) e outros. A história continua exatamente de onde Toy Story 3 parou, com Andy passando seus adorados brinquedos para Bonnie, que está se preparando para começar o jardim de infância.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

Desde o primeiro Toy Story, os avanços nas ferramentas de animação da Pixar tornaram possível criar cenas e personagens que, de outra forma, não poderiam existir. No entanto, o estúdio fez questão de se manter fiel ao visual original dos personagens da série. E isso se torna ainda mais impressionante quando você percebe que, devido aos avanços do software, os artistas precisam reconstruir completamente os personagens de filme para filme.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

“Se tentarmos usar o Woody de Toy Story 2, é como colocar um CD-ROM em um aparelho de Blu-ray”, disse o diretor Josh Cooley. “Isso simplesmente não funcionaria”.

“Criamos este mundo”, acrescentou Bob Pauley, designer de produção. “Nós não queremos estragá-lo”.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

De acordo com Pauley, a cena da tempestade incrivelmente realista não teria sido possível em filmes anteriores. Curiosamente, no primeiro filme de Toy Story, os cineastas também queriam criar uma tempestade na cena em que Woody e Buzz estão presos no quarto de Sid, no entanto, eles eram limitados pela tecnologia e pela experiência da equipe. Então eles se comprometeram e, em vez de mostrar uma chuva torrencial, criaram cenas nos quais a chuva pingava na janela de dentro do quarto.

“Foi tão emocionante e importante para a narrativa, mas nós apenas usamos uma forma criativa de não ter que criar chuva”, lembrou Pauley.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

Hoje, criar gotas de chuva realistas no universo Toy Story é muito mais fácil. Poeira também pode ser adicionada para a atmosfera em pisos, armários e vigas, para não mencionar as teias de aranha que fornecem um toque ameaçador para cantos escuros.

Provavelmente, o maior avanço desde a primeira Toy Story é como imagens envolvendo luz são renderizadas. Em comparação, no primeiro filme, criar um reflexo simples de um espelho levava cerca de meio dia, disse o supervisor de tecnologia global Bill Reeves. Hoje, tudo é virtualmente automatizado. Um espelho simplesmente pode ser modelado com uma superfície reflexiva e “etiquetado” para o caminho certo. E pronto.

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

O produtor Jonas Rivera disse que eles conseguiram ir além em Toy Story 4 sem comprometer a consistência visual:

“Nossa esperança é que, se você assistisse a todos os filmes em seguida, eles ainda teriam uma continuidade”, disse Rivera. “Você definitivamente veria a progressão, mas nós departamento de arte trabalhamos duro na forma como criamos o filme para manter essa conectividade”.

Incrível, não? Veja só mais algumas imagens impressionantes que demonstram a riqueza de detalhes do novo filme:

Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar
Créditos: Pixar

Inscreva-se no nosso canal do YouTube

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.