fbpx

A história real que inspirou o filme “O Menino que Descobriu o Vento”, novo sucesso da Netflix

A verdade é que muitos filmes originais da Netflix não convenceram o público e as críticas. Não é que eles sejam todos ruins, mas também não são a melhor coisa neste planeta – exceto Roma, claramente.

A história real que inspirou o filme "O Menino que Descobriu o Vento", novo sucesso da Netflix
Netflix

Mas “O Menino que Descobriu o Vento” vem sendo outra exceção à regra, e tem chamado a atenção de todo mundo.

É sobre William Kamkwamba, um adolescente de 14 anos que vive com sua família em uma pequena cidade agrícola no Malaui, que em 2001 passou uma grave crise de fome.

Atenção: o texto abaixo pode conter spoilers

Na aldeia de William, comida, água e educação são escassos, mas depois de um esforço seu pai consegue levar William para uma escola local para receber a educação que nunca teve.

O problema é que, depois de alguns meses, uma seca severa atinge a cidade, matando as colheitas e causando fome em toda a população, obrigando as famílias a comer apenas uma vez por dia.

Em meio a todo o caos que a fome provoca, o pai de William não recebe dinheiro suficiente para pagar as mensalidades da criança, então ele é expulso da escola. Mas isso não impede que a criatividade do adolescente seja diminuída, porque o jovem está determinado a fazer algo para mudar o futuro de seu povo.

O Menino que Descobriu o Vento
Netflix

Usando o conhecimento adquirido através de um livro de ciências que encontrou na biblioteca, William cria um moinho de vento que capta a energia eólica para que seu povo possa ter eletricidade.

E não apenas isso, mas também permite que eles obtenham água e, assim, evita que as pessoas de sua comunidade morram de fome.

No livro que William usa como inspiração, ele mostra como fazer um aparato para capturar a energia eólica, mas ele não tem as ferramentas que aparecem nas instruções à sua disposição. É aí que sua criatividade e ingenuidade vêm à tona e ele consegue construir o moinho com objetos retirados do lixo.

O Menino que Descobriu o Vento
Netflix

Esta é a história do filme, mas também a de uma pessoa real. Porque William foi um menino de carne e osso que em 2001 impediu sua comunidade de passar fome, e através do Ted Talks convenceu muitos investidores a investir em seus projetos e, assim, trazer eletricidade para muitos setores de Malaui.

Foi também graças a essas conferências que ele conseguiu o apoio financeiro para voltar à escola e não apenas a concluiu, mas também estudou engenharia na Universidade de Dartmouth, nos Estados Unidos.

O filme é baseado no livro biográfico escrito pelo próprio William e Bryan Mealer. É a estréia do diretor Chiwetel Ejiofor – que atua como o pai de William no filme – e a primeira vez que Maxwell Simba – que interpreta William – participa de uma produção cinematográfica.

E aí, já assistiu ou pretende assistir ao filme?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.