9 truques psicológicos que a Starbucks usa e que dificilmente alguém percebe

Ser um consumidor consciente é um trabalho exaustivo. Você pode questionar cada item que você compra, mas, eventualmente, terá “fadiga de decisão”. Esse termo significa que a qualidade da sua tomada de decisão se deteriora depois de muitas decisões em um curto período de tempo. E é exatamente isso que a Starbucks espera que aconteça quando você vai até o balcão e faz seu pedido.

Com isso, compilamos 9 truques psicológicos que a Starbucks usa e que dificilmente alguém percebe. Fique por dentro:

9 – A Starbucks utiliza diferentes móveis para controlar o número de clientes

@Pixabay

Os fãs da marca provavelmente notaram que às vezes a Starbucks quer que você saia mais rápido, então eles usam móveis desconfortáveis. O segredo é a localização da cafeteria. Se uma Starbucks se encontra em um lugar muito movimento e repleto de gente, as cadeiras costumam ser extremamente desconfortáveis ​​– duras e sem encostos. Isso significa que, depois de 30 minutos ou menos tomando café, você provavelmente sairá do local e um novo cliente ocupará seu assento.

8 – Um antigo truque de marketing permite que a empresa ganhe muito dinheiro

@Pixabay

Na psicologia, há um termo conhecido como FOMO – The fear of missing out (medo de ficar por fora), que é quando um cliente em potencial tem medo de perder um desconto ou uma boa compra. Os comerciais de TV e as mídias sociais permitem que esse medo se desenvolva. Um cliente costuma pensar: “Todo mundo está bebendo esse novo frappuccino de série limitada, mas eu não”.

A Starbucks usa as fraquezas das pessoas e faz bebidas exclusivas o tempo todo tentando nos convencer de que, se você não experimentar agora, será tarde demais para fazer isso na próxima semana.

7 – Os preços no cardápio são escritos de uma maneira especial

@Pixabay

Nos restaurantes Starbucks, os preços terminam em 5 ou 0. Isso ocorre porque esses números escondem facilmente uma mudança de preço. Segundo as estatísticas, os clientes não notam um aumento no preço se ele não for arredondado. Nossos cérebros reúnem os números automaticamente para esconder as imperfeições.

6 – A iluminação especial faz com que você compre algo que você não planejava comprar

@Pixabay

A Starbucks usa uma iluminação estratégica para fazer os clientes sentirem vontade de comprar com eles. Quando você entra em uma Starbucks, o lugar é escuro, mas o caixa e as prateleiras com os produtos são muito bem iluminadas. As pessoas reagem a objetos bem iluminados e fazem compras impulsivas.

5 – Cafés fortemente torrados fazem com que os clientes comprem bebidas caras

@Pixabay

De acordo com especialistas, a Starbucks torra muito os grãos de café. Essa torrefação é considerada uma prática italiana e é ótima apenas para cafés expressos bastante fortes. Obviamente, eles são mais caros, então os clientes são induzidos a comprarem versões mais leves de café muito amargo.

Esse tipo de torrefação também não permite que você perceba que tipo de café você está bebendo: um experimento em que pessoas foram vendadas mostram que elas não conseguem distinguir um café Starbucks da bebida de um concorrente.

4 – Os caixas ficam localizados em áreas que fazem com que você não queira ir embora

@Pixabay

A Starbucks pegou esse truque de lojas de roupas. O caixa fica localizado no meio ou na extremidade mais distante da cafeteria. Isso faz com que você passe pelas ​​mesas e sofás. E muitos clientes querem ficar e beber um pouco de café, mesmo que não planejem.

Talvez, depois que você já está confortável o suficiente, decida pedir mais uma bebida ou uma sobremesa – e gaste mais dinheiro, é claro.

3 – Você se sente como se fosse parte de um grupo de elite

@Pixabay

A Starbucks é uma marca premium. A empresa trabalha para pessoas com renda média a alta. Isso significa que os clientes são pessoas que podem pagar muito por coisas simples (café, assados, ​​etc.).

Em marketing, existe até um termo chamado “efeito Starbucks”, que é quando uma empresa cria uma imagem “premium” de si mesma e vende seus produtos a um preço mais alto. Mas as pessoas não ficam irritadas com isso – elas realmente veem o valor e pagam por esses produtos. E não tem a ver com a qualidade do café ou da atmosfera. Muitas pessoas acreditam que estão comprando algo exclusivo que “não é para todos”, o que as fideliza como clientes.

2 – O poder da marca desafia nosso senso comum

© Game of Thrones / HBO

A Starbucks investe muito dinheiro em comerciais. Só no ano passado, a empresa gastou US $ 260 milhões em publicidade. A maior quantia de dinheiro é gasta no aumento da fidelidade dos clientes – agora a Starbucks é sinônimo de “café” e vice-versa. O recente caso em Game of Thrones é um bom exemplo.

O episódio 4 da 8ª temporada da série rendeu à Starbucks nada menos que US $ 2,3 bilhões. E foi tudo por causa de um simples erro: um dos membros da equipe esqueceu um copo de café no set e todos pensaram que era da Starbucks, mas na verdade não era! A bebida foi comprada de um lugar diferente, mas ninguém pensou que poderia ser outra coisa senão Starbucks.

1 – A marca atrai pessoas com anúncios sobre produtos fresquinhos, mas isso não é verdade

@Pixabay

Um usuário do Reddit disse aos leitores que todas as Starbucks usam alimentos congelados. “É incrível ver quantas pessoas não sabem disso. Não significa que não seja saboroso, é só que não é fresco e é vendida a um preço excessivamente elevado”.

Se você quiser economizar dinheiro ou quiser comer apenas produtos frescos, a Starbucks não é a melhor opção.

Bônus: Dicas ao ir na Starbucks

@Pixabay

Os funcionários e os fãs da Starbucks compartilharam suas dicas sobre como gastar o mínimo de dinheiro possível nesses estabelecimentos e alguns segredos. Veja só alguns deles:

Se você for para a Starbucks com um cachorro, também há algo saboroso para eles (mesmo que não esteja no cardápio). Basta pedir um “Puppuccino” e seu cão receberá uma xícara de chantilly.

Você pode pedir bebidas Starbucks que estejam na “temperatura para crianças” e a bebida ficará menos quente – evitando que você queime a língua.

Funcionários com aventais pretos são bastante raros. Essas pessoas fizeram muitos cursos e seminários, o que significa que são mais experientes e que podem fazer as melhores bebidas.

Em média, os copos de cappuccino médio e grande contêm a mesma quantidade de café. É só que a xícara grande tem mais xarope e leite, mas o nível de cafeína é o mesmo. Então, se você quiser se sentir renovado e economizar algum dinheiro, pode simplesmente pedir uma bebida menor porque o efeito será o mesmo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.