9 coisas bizarras que você não sabia sobre a China

A China é um dos lugares que mais recebe turistas atualmente. Além disso, o mandarim está cada vez mais popular ao redor do mundo, e é inegável a importância dos chineses no cenário atual. Entretanto, se você pensa em viajar para lá, é importante saber algumas curiosidades sobre o país. Essa lista, feita pelo portal Bright Side, traz alguns fatos talvez desconhecidos por você sobre a China.

Confira:

1. Não viaje durante os feriados nacionais.

Os chineses normalmente não possuem muitos dias para viajar. Por isso, os feriados nacionais normalmente são os dias onde todo mundo decide viajar. Isso quer dizer que nestas datas você deve esperar muito congestionamento e pessoas demais por toda parte. De preferência, risque o 1º de maio e a primeira semana de outubro do seu calendário.

2. Nada de Facebook ou serviços do Google.

A China não oferece suporte para a utilização de aplicativos como o Facebook e os serviços normais do Google. Por isso, se você precisar deles, esteja preparando para usar uma conexão VPN.

3. Nem todos os hotéis podem abrigar estrangeiros.

Antes de agendar sua viagem e escolher o hotel, tenha certeza de que o hotel que você pretende ficar aceita estrangeiros. Não são todos os que podem fazer isso.

4. Você pode encontrar água quente em praticamente todo lugar.

Estações de trem, parques e restaurantes costumam oferecer água quente para seus clientes. Isso pode ser extremamente útil para aqueles que gostam de café ou chá.

5. Nada de gorjetas.

Ao contrário de muitos outros países, dar gorjeta por serviços não é algo aceitável na China. Por isso, mesmo que você tenha sido muito bem atendido, pague apenas aquilo que lhe convém, nunca a mais.

6. Sistema de transporte de qualidade.

Se no Brasil o transporte público é criticado em muitas cidades, na China ele é normalmente elogiado. Você pode chegar em qualquer lugar do país a partir dos ônibus, desde que tenha dinheiro para pagar as passagens. O problema é que os coletivos costumam parar de circular bem cedo – alguns às 22h00, por exemplo. Nesses casos, o jeito é pegar um táxi.

7. Embarque em trens.

Lembre-se que para embarcar nos trens chineses você precisa estar portando não apenas os tíquetes, mas também seu passaporte.

8. Quem paga a conta?

É cultural na China que quem paga a conta de restaurantes e bares é quem lhe convidou para sair. Por isso, se alguém lhe chamou para comer, provavelmente você não terá que gastar nada. Entretanto, o contrário também se aplica.

9. É difícil encontrar alguém que fale inglês.

Em muitos lugares onde as pessoas não falam português, a saída é tentar se comunicar em inglês, caso você não saiba nada da língua local. Entretanto, na China isso pode ser bastante difícil, já que poucas pessoas são fluentes qualquer outro idioma que não o mandarim.

via BrightSide.

Comentários
Carregando...