9 coisas nos Estados Unidos que deixam qualquer estrangeiro confuso

Para quem vive nos Estados Unidos por alguns anos, algumas coisas podem parecer familiares. Porém, pessoas do mundo todo relatam que algumas coisas realmente são peculiaridades e certamente você concordará que, de fato, a vida nos EUA pode confundir quem é de fora.

Mas é bom estar preparado(a), não é mesmo? Pensando nisso, trouxemos 9 coisas nos Estados Unidos que deixam qualquer estrangeiro confuso – veja só:

9 – Os banheiros públicos possuem portas menores e lacunas maiores

Muitas pessoas podem se sentir desconfortáveis, pois parece que os banheiros oferecem menos privacidade do que banheiros em outros países. Aliás, esse é um tema de discussão nos fóruns e há um consenso de que esses buracos impedem as pessoas de usar os banheiros para fins que não são destinados ou que sejam mais fáceis de serem limpos.

8 – As porções são gigantes

Os estadunidenses adoram porções enormes quando se trata de comer fora. Restaurantes e redes de fast food nos EUA ganham fama por servirem hambúrgueres e pizzas gigantes, que dariam o dobro – ou o triplo – do tamanho dos lanches tradicionais em outros países.

Caso queira experimentar um desses, como na imagem acima, visite o Mallie’s Sports Bar & Grill, onde é oferecido um dos maiores hambúrgueres do mundo.

Diz-se que as redes aumentaram consideravelmente o tamanho das porções a fim de também aumentarem seus lucros e o tempo de permanência dos clientes nos restaurantes.

7 – Quase tudo é frito 

View this post on Instagram

? Fried Blueberry Pie Oreos! ? • Our all time favorite Oreo dipped in pancake batter and deep fried. Crispy, sugary, sweet and gooey! Absolutely next level. ? (Our previous Doughnut post we uploaded today was photographed and consumed 2 days ago, chill! ???) • ?Found these at a Price Chopper months ago and stocked up. We’re pretty sure these are gone. Fortunately, Cap’n Crunch’s Blueberry Pancake Crunch has returned! ??#mnmtwinzSnacks ➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖ #Oreo #BlueberryPieOreo #BlueberryPieOreos #Nabisco #Snack #Cookies #FriedOreo #FriedOreos #JunkFood #HungryTwins #eatingfortheinsta #instagood #foodstagram #snack #sweet #sugar #BlueberryPie #Hungry #Snack #SoYummy #foodie #foodporn #foooodieee #lickyourphone

A post shared by Marcus and Matthew (@mnmtwinz) on

De acordo com a história, as primeiras receitas de peixe frito foram encontradas em livros de culinária espanhola e portuguesa do século XIII. Quem inventou este modo de cozinhar,  provavelmente jamais pensou que tanta gente, no mundo todo, iria gostar, principalmente os norte-americanos.

Nos Estados Unidos você vai encontrar uma grande variedade de coisas fritas – tudo tem a sua versão frita, sejam frutas, legumes, biscoitos, picles, manteiga, barras de chocolate e até chiclete é mole?

6 – Moedas com nomes confusos

Moedas Estados Unidos
@Pixabay

Enquanto em boa parte dos países o número é exibido na própria moeda, de acordo com o valor e às vezes de ambos os lados, os EUA decidiu ser o “diferentão”: a moeda de 1 centavo é chamada de “penny”, enquanto a moeda de 5 centavos é  chamada de “nickel” graças ao material de que é feito.

O nome da moeda de 10 centavos, “dime”, derivado da palavra latina, “decimus” significa “um décimo” e a moeda de 25 centavos, é chamado de “quarter”, porque é um quarto de dólar e as primeiras moedas tiveram que pesar 4 vezes menos que um dólar. Portanto, preste atenção na hora de ir às compras!

5 – As farmácias mais parecem supermercados do que outra coisa

View this post on Instagram

All these were sugar free! ? #vacation #tennessee #gatlinburg #gatlinburgtennessee #sugarfree #candy

A post shared by @ savingwith_b on

Nos EUA, as farmácias são verdadeiras lojas de conveniência. Além de medicamentos e produtos de higiene pessoal, você pode comprar perfumes, cosméticos, revistas e até mesmo brinquedos para crianças. E o melhor é que elas são 24h.

4 – Eles realmente dão gorjetas nos EUA

View this post on Instagram

T I P S ? #tipsjar #quotes #funny #true #perth

A post shared by The Coffee Corner Como (@thecoffeecornercomo) on

Dar uma gorjeta é uma boa maneira de dizer às pessoas que você está satisfeito com os serviços que recebeu e isso inclusive é comum em muitos países. Porém as gorjetas nos EUA costumam parecer enormes para pessoas que vêm de outros países, pois podem chegar a 25%. Além de dar gorjeta a garçons, taxistas e atendentes de hotéis, como em outros lugares também, nos Estados Unidos, eles também dão gorjetas para guias turísticos, atendentes de banheiros e estacionamentos, além de cabeleireiros e funcionários de salões de beleza.

3 – Os impostos não são inclusos no preço

Quando turistas ou recém-chegados fazem compras nos EUA pela primeira vez, eles têm uma boa chance de se sentir confusos: lotam o carrinho e, ao chegar ao caixa, percebem um valor maior que o normal. Isso ocorre porque o preço que você vê nas placas não é final, pois os impostos são adicionados posteriormente, no momento de fechamento de compra.

Além do mais, o imposto sobre vendas não é fixo e sua participação varia de estado para estado e isso geralmente torna difícil o cálculo da quantia total que você pagará. Ou seja: ande sempre com dinheiro reserva.

2 – Você pode devolver o presente se não gostou

Natal
@Pixabay

Não gostou da peça de roupas bizarra que seu parente lhe deu de presente? Sem problemas! Nos EUA quase tudo que você não gosta pode ser devolvido, mesmo que você não tenha comprado. Existem até os chamados “Dias Regionais de Retorno”, que geralmente acontecem no início de janeiro, quando as pessoas podem devolver presentes de Natal de que não gostaram.

E, ao contrário de muitos outros países, nos EUA você pode devolver os produtos mesmo que não tenha a nota fiscal. Muitas lojas colocam códigos únicos nos itens para que possam ser rastreados, enquanto outros mantêm o registro das compras feitas nos últimos meses. Mas cada loja tem sua própria política de devolução que você deve tomar nota antes de tentar devolver o presente.

1 – Quase sem férias

Escritório Estados Unidos
@Pixabay

Em muitos outros países, as pessoas aproveitam suas férias, que duram algumas semanas ou mesmo meses, correto? Não: nos Estados Unidos as férias são muito mais curtas e não tão frequentes. Parece que os norte-americanos não podem aproveitar plenamente o seu tempo livre, mesmo quando o recebem.

Uma pesquisa recente mostrou que até 56% dos trabalhadores não conseguiam parar de pensar em trabalho durante suas férias. Eles estavam checando e-mails, respondendo chamadas e ficando a par dos assuntos do escritório em vez de apenas relaxar e se divertir.

E você, achou muito diferente da cultura que você está inserido(a)? Conte pra gente nos comentários!

você pode gostar também
3 Comentários
  1. reginaldo fermino Diz

    Legal a matéria, parabéns…

  2. Darlan Nascimento Diz

    Ótima Matéria, o Brasil deveria pegar esta moda de não incluir os impostos nos produtos rsrs

  3. Fernando Diz

    Nos supermercados dos EUA informam o preço por unidade inteira (USD/litro, USD/galão, USD/pound, etc.), o que facilita saber as variações entre lojas e eventuais aumentos, já que existem diversos tamanhos de embalagem para cada produto. Deveria ter aqui para acabar a palhaçada de diminuírem o peso por embalagem sem diminuir o preço.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.