8 incríveis achados arqueológicos feitos por acaso

Arqueólogos passam por boa parte de suas vidas buscando desvendar os mistérios do mundo antigo. Mas algumas das maiores descobertas são feitas por pessoas como você e eu, e nem imaginam a importância da descoberta. Já imaginou encontrar catacumbas em seu próprio jardim?

1. Fazendeiro descobre um gigantesco mamute lanoso

© Daryl Marshke/University of Michigan  

James Bristle e seu outro amigo fazendeiro estavam em um dia normal de trabalho no campo quando descobriram que haviam acertado em algo. O que eles nem sequer imaginavam era a presença de um enorme mamute lanoso de 15 mil anos. A descoberta aconteceu em 2015 no Michigan, EUA, quando um crânio foi encontrado com duas enormes vértebras.

2. Trabalhador desenterrou o tesouro de Quilderico I

tesouro de Quilderico I
© Wikipedia  

A imagem acima revela o anel de sinete que outrora era parte do tesouro de Quilderico I. É um anel de ouro de 27m de diâmetro, o que indicava que seu dono tinha dedos bem gordos.

A descoberta foi feita em 1653 em Tournai, na Bélgica. Junto com o anel, ele também encontrou umas 100 moedas, espadas de ouro, acessórios para cavalos, entre outras quinquilharias.

3. O homem de Grauballe: uma múmia especial

O homem de Grauballe
© Commons/Wikimedia  

Dois trabalhadores estavam cavando como de costume quando um deles percebeu que havia tocado em algo diferente. Era a a múmia do homem de Grauballe, e seus cabelos, unhas e impressões digitais estavam intactos, mesmo após séculos. Especialistas dataram a múmia como sendo do final do século III aC.

Em 1955, a múmia foi transferida para o Museu Moesgaard, na Dinamarca, para exibição pública.

4. Hobbits existiram?

Hobbits existiram
© Wikipedia  

Um grupo de arqueólogos australianos e indonésios buscava provas da migração humana da Ásia para a Austrália quando descobriram sem querer um esqueleto muito diferente, semelhante aos Hobbits de J. R. R. Tolkien.

Seria um humano anão ou uma espécie diferente? O mistério ainda permanece. O esqueleto, bem como o crânio, era anormalmente pequenos.

O esqueleto era de uma mulher e foi descoberto na na caverna Liang Bua, na ilha de Flores, na Indonésia, em 2003.

5. Um mosaico romano no quintal

© Wikipedia  

O tapeceiro britânico Luke Irwin descobriu sem querer em seu quintal de casa um antigo mosaico romano.

Durante a escavação, encontraram uma espessa camada de 45 centímetros abaixo da superfície que tinha peças de mosaico bem nítidas. A descoberta permitiu ampliar os conhecimentos da história britânica quando o local era dominado pelos romanos.

6. Uma cidade inteira descoberta ao reformar a casa

Derinkuyu
Derinkuyu

Ao comprar uma casa antiga, são muitas as surpresas que você pode encontrar. Você nunca sabe o que vai achar dentro de móveis antigos, abaixo do piso, enterrado no pátio ou em outros lugares da nova casa.

No entanto, certamente uma das únicas coisas que sequer passam pela sua cabeça é encontrar uma cidade completamente desconhecida dentro da sua nova residência. E foi exatamente o que aconteceu com um homem em 1963, que ao derrubar uma parede da sua casa, na Turquia, acabou descobrindo uma série de túneis que formavam uma cidade subterrânea, bem no meio da Capadócia.

A cidade subterrânea de Derinkuyu, como é conhecida hoje em dia, possui diversos andares, com um complexo sistema de ventilação que garantia que as pessoas vivendo lá embaixo não morressem por falta de oxigênio.

Saiba mais: O homem que reformou sua casa e encontrou uma enorme cidade subterrânea

7. Pinturas de Lascaux

Wikipedia

O jovem de apenas 18 anos Marcel Ravidat foi o responsável pela descoberta da entrada da Lascaux, na França. Surpreso, ele voltou com seus amigos e descobriu que as paredes da caverna até então desconhecida estavam repletas de figuras de animais.

A caverna foi aberta ao público em 1948, mas justamente por isso, as pinturas do Paleolítico Superior.começaram a perder a sua forma original. Posteriormente, elas foram restauradas e hoje só é possível visitar o local com autorização.

8. Cavalos e carruagens no túmulo da Dinastia Zhou

© ZHANG XIAOLI, XINHUA/FAME/BARCROFT/National Geographic  

Cientistas e arqueólogos acreditam que essa sepultura pertencia a uma das famílias nobres do estado de Zheng (806-375 aC). A grandeza desta descoberta é louvável como foi testemunhado pelos escavadores da tumba liderada por Ma Juncai.

A escavação foi realizada no centro da China, na cidade de Xinzheng, onde dezenas de carruagens e quase 100 esqueletos de cavalos foram encontrados com 2400 anos de idade. Um dos destaques desta escavação foi uma carruagem que tinha 2,4 m de comprimento e 1,7 m de largura e era adornada com bronze e ossos.

você pode gostar também
4 Comentários
  1. CharlieVox Diz

    É até dificil comentar qual achado foi o mais surpreendente, porque de um ACASO da vida você pode encontrar algo que de fato contribui para toda a humanidade sobre um passado perdido e sepultado.

  2. Maukon Diz

    Um dos maiores achados ao acaso da história não está listada aqui que é a cidade de Pompéia. Um cidade completa estava coberta e fora descoberta ao acaso por um camponês

  3. Asthar Diz

    Google que matéria mal feita. Estão tão focados na publicidade que não aparece uma imagem. Muito mal feito.

    1. Lucas Diz

      Por aqui todas as imagens estão funcionando. De qual dispositivo está tentando ler a matéria?

      Abraços.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.