7 fenômenos inacreditáveis que ocorrem no mundo animal

Os pares simbióticos, os bichos camuflados e os animais que mudam a cor são uma coisa, mas o que podemos dizer sobre explodir e em uma chuva de animais? Exatamente: isso acontece.

Dos mais estranhos animais do mundo às mais estranhas reações deles, separamos nesta lista os 7 fenômenos mais incríveis que ocorrem no reino animal:

7) Simbiose: Surpreendentes equipes colaborativas de animais



Certas espécies trabalham juntas, mas também trabalham com outras espécies de maneiras estranhas e improváveis. Na água, os tubarões caçam com alguns peixes como seus ajudantes, os camarões limpam enguias e os caranguejos usam anêmonas como luvas de boxe envenenadas.

No ar, alguns pássaros descem para tomar sucatas dos dentes dos crocodilos, enquanto outros sentam-se confortavelmente nas costas de mamíferos enormes  – de búfalos a elefantes. Na terra, as zebras perspicazes comem lado a lado com avestruzes, cada qual preparada para avisar o outro de perigo.

6) Camuflagem inteligente e colorida

Os animais se adaptam ao longo do tempo aos seus ambientes, tanto que começam a se parecer com o ambiente – uma vantagem evolutiva útil diante de predadores potenciais (ou enquanto perseguem presas). Existem polvos que se misturam perfeitamente com o solo de areia do oceano, insetos que se parecem com folhas e peixes que se assemelham às plantas oceânicas. Existe até mesmo um polvo que pode imitar quase vinte outras espécies oceânicas para assustar os atacantes.


5) Mudança de cores

Alguns animais exigem semanas para mudar de um estado para outro, enquanto outros podem mudar de cor e até mesmo de textura em questão de horas ou minutos. Em alguns casos, eles se misturam de um grosso modo com seu ambiente, enquanto em outros são quase uma cópia do que eles estão próximos. Mesmo quando você está procurando por eles, alguns se encaixam em seu ambiente  tão bem que você nunca iria vê-los a curta distância.

4) Canibalismo animal

Os cientistas ainda não sabem ao certo o que leva alguns animais a comer seus companheiros. Se eles são predominantemente envolvidos neste comportamento após o acasalamento, iríamos presumir que estariam recebendo sustento para seus ovos recém-fertilizados – mas a maioria das fêmeas tentam comer os machos, mesmo antes do acasalamento.

Os escorpiões machos salvam a si mesmos ao picarem suas parceiras para a submissão, esperando que uma fêmea tenha se alimentado para se aproximar dela. Alguns trazem aranhas para oferecerem a elas e assegurarem-se de que não serão o prato principal da noite.

3) Construtores de agronegócios e arquitetura animal

Os seres humanos trabalham juntos o tempo todo para construir estruturas incríveis que nunca poderíamos ter sonhado em construir por conta própria – mas a arquitetura animal é, sem dúvida, ainda mais impressionante. Existe uma teia de aranha construída por uma variedade de espécies trabalhando em conjunto, que abrange grande parte de um parque público, uma colônia de formigas que se estende por milhares de quilômetros e ninhos de aves construídos por grupos inteiros que vivem juntos.


2) Animais naturalmente se explodindo

Sim, você leu certo: alguns animais explodem. Em alguns casos, eles infelizmente tiveram ajuda – como a baleia detonada para ser retirada  de uma praia pública ou o tanque-caça de cães suicidas da Segunda Guerra Mundial.

Em outros casos que não sejam pela cruel interferência humana, isso acontece como um mecanismo de defesa ou o subproduto de um fenômeno natural desconhecido. Um dos mais amplos casos divulgados de um animal explodindo envolveu o acúmulo de gases dentro de uma baleia gigante sendo transportada por caminhão em uma rua movimentada da cidade – você não irá querer ver essas fotos, definitivamente.

1) Chuva de animais: radical, mas real


Chover animais… parece ridículo, certo? No entanto, acontece – embora raramente. Peixes, sapos e aves são as formas mais comuns de chuva animal. Às vezes eles ficam ilesos, mas em outros casos eles são congelados ou desfiados em pedaços. As teorias variam em seus detalhes, mas geralmente supõe-se que certos tipos de ventos fortes e tempestades levantam os animais com um volume de água (peixes e rãs de lagoas, por exemplo) ou os varrem para fora do céu, como no caso das aves.

Curioso, não é mesmo?

[Web Ecoist]

Comentários
Carregando...