7 mentiras sobre a Deep Web que muita gente acredita

A Deep Web, conhecida como a camada mais secreta e misteriosa da Internet, possui uma série de mistérios, mitos e lendas que invadem o imaginário popular há décadas, desde a popularização da Internet como um todo.

No entanto, muito do que se fala sobre a Deep Web é mentira, e não passa de uma história criada para assustar os mais desavisados.

Nessa lista, você vai conhecer alguns desses mitos.

1. “Você precisa de softwares avançados para acessar a Deep Web”.

Shutterstock

É comum ouvir pessoas dizendo por aí que para acessar a Deep Web você precisa de uma série de programas e ferramentas especiais. Isso, no entanto, não é verdade. Não encorajamos ninguém a acessar essa parte da Internet, mas a verdade é que você só precisa de um navegador específico para acessar os sites escondidos da Deep Web, como o “Tor”, por exemplo.

2. “A rede é administrada por criminosos”.

Shutterstock

Dizem que a Deep Web, por possuir muitos sites utilizados para fins ilícitos é financiada e comandada por criminosos. No entanto, a maior parte dessa camada da Internet é administrada por pessoas bem intencionadas, que muitas vezes utilizam a privacidade desta camada da web para divulgar, por exemplo, documentos sigilosos do governo com finalidades políticas.

3. “Deep e Dark Web são a mesma coisa”.

Shutterstock

Muitas pessoas confundem os termos ‘Deep’ e ‘Dark’ Web, acreditando que se tratam da mesma coisa. No entanto, há uma diferença grande entre elas. Enquanto a Dark Web se refere aos sites que se aproveitam do sigilo e do anonimato dessa rede para fins ilícitos, a Deep Web não necessariamente é utilizada para crimes e atividades ilegais.

4. “Gladiadores modernos”.

Shutterstock

Alguns boatos dizem que, na Deep Web, são feitas transmissões ao vivo de indivíduos que brigam até a morte para o deleite de uma audiência sinistra. Não há, entretanto, nenhuma prova concreta de que isso realmente aconteça.

5. “Bonecas sexuais”.

Shutterstock

A história das bonecas sexuais humanas supostamente comercializadas na Deep Web surgiram com a popularização das chamadas “creepy pastas”, histórias de terror que misturam fantasia com realidade. Uma dessas diz que um médico, em algum lugar da Europa, adotava meninas menores de idade para, em seguida, cortar seus braços e pernas e transformá-las em “bonecas”.

Até hoje, no entanto, não há nenhuma prova que indique que isso não passou de mais uma das engenhosas creepy pastas que rolam pela Internet.

6. Assassinos de aluguel.

Shutterstock

Outra história famosa envolvendo a Deep Web é que lá é fácil contratar assassinos de aluguel – ou seja, pessoas que aceitam uma quantia considerável de dinheiro para matar quem você quiser. A verdade é que até é possível encontrar alguns anúncios deste tipo na Deep Web, mas ninguém sabe se eles são realmente verdadeiros.

7. Afinal de contas, é ilegal acessar a Deep Web?

Shutterstock

Apenas o ato de entrar na Deep Web não é considerado um crime na maioria dos países, mas sem dúvidas aquilo que você acessa lá dentro pode envolver atividades ilícitas e colocar a polícia na sua cola. No fim, tudo depende de você.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.