Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

6 dicas para ajudar você a combater a ansiedade e o stress

1 – Tente entender que cada problema deve ser resolvido no seu tempo

Esse talvez seja o principal problema da ansiedade: a ânsia por resolver problemas antes de seu tempo. Na verdade, esse é justamente o significado da palavra ‘preocupação’: se ocupar com algo antes da hora. Por isso, tente agendar suas pendências. De nada adianta querer resolver tudo ao mesmo tempo e receber em troca apenas mais estresse, nervosismo e ansiedade.

2 – Tenha um bom período de sono

Dormir bem é essencial para manter a saúde física e psicológica. Se você estiver se privando de uma boa noite de sono, tudo fica mais complicado. Trabalhar se torna mais estressante, os problemas do dia a dia parecem piores, etc. Dormindo bem, você recarrega as energias e fica mais preparado para enfrentar a rotina.

3 – Tenha com quem desabafar

Lidar sozinho com problemas e preocupações não é tarefa fácil para ninguém, por isso é interessante ter uma pessoa de confiança com quem você pode conversar e desabafar quando estiver se sentindo mal. Por mais que a ansiedade faça com que você, por vezes, tenha problemas repetitivos e ‘sem sentido’, se a pessoa com quem você conversa realmente se importa com você, isso não será um empecilho.

4 – Tenha um tempo reservado para o lazer

Principalmente por conta das extensivas cargas horárias de trabalho, estudo, entre outras responsabilidades, temos pouco tempo para nos divertir durante a semana (e alguns encontram dificuldades para encontrar lazer até mesmo no fim de semana). No entanto, é importante encontrar nem que seja um curto espaço de tempo na rotina para fazer algo que lhe proporcione prazer. Viver apenas para suas responsabilidades certamente não vai lhe fazer bem.

5 – Faça meditações e reserve um momento para ‘limpar’ sua mente

A ansiedade causa problemas físicos e emocionais, já que o ‘estado de alerta’ provocado por ela faz com que nosso corpo também sofra complicações (como batimentos acelerados, pressão alta, sudorese, insônia, etc). Para evitar esses problemas, uma boa dica é separar um momento para meditar, respirando fundo e lentamente, e tentando limpar seus pensamentos. No começo pode ser um pouco difícil, mas com certeza isso vai lhe ajudar.

6 – Não tenha vergonha de procurar um psicólogo

Caso você sinta que as coisas estão saindo de controle, não sinta vergonha de procurar ajuda profissional. Visitar um psicólogo para encontrar ajuda não diminui ninguém nem quer dizer que você ‘está ficando louco’ ou algo do tipo. Coloque sua saúde sempre em primeiro lugar e não ligue para opiniões preconceituosas.

Comentários
Carregando...