4 características de personalidade que são muito difíceis de serem mudadas

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Todos nós temos imperfeições que nos definem, tanto quanto nossos pontos positivos. Grande parte do processo de crescimento como pessoa envolve não apenas reconhecer essas falhas, mas fazer um esforço para corrigi-las. Muitas vezes pode ser muito difícil (quantas pessoas quase que imutáveis você já conheceu?), mas é o esforço que conta. E é isso que diferencia alguém daquelas que conquistam – a capacidade de reconhecer onde a mudança pessoal é necessária e, em seguida, colocar essa mudança em movimento.

Mas mesmo para os mais fortes, existem alguns traços de personalidade que são bastante difíceis de serem abandonados. Traços como…

4 – Timidez

A timidez pode ser extremamente difícil de mudar porque sua mente está constantemente dizendo que é mais seguro e confortável estar em casa, longe das pessoas. A única maneira de combater a timidez, no entanto, é fazer com que aquelas ”sirenes” mentais no seu cérebro se ativem naqueles momentos em que você sente seu estômago se revirar de nervosismo, e tomar alguma atitude que possa ser um gatilho fácil para bloquear o padrão repetitivo de pensamentos que se instalam nesses momentos.

3 – Guardar rancor

O complicado do rancor é que abandoná-lo não significa que você tenha que se desculpar ou até mesmo ter uma conversa com a outra pessoa sobre o assunto. Significa apenas parar de dedicar pensamentos e emoções a isso. No entanto, para muitas pessoas isso exige um contato com a pessoa a fim de conseguir “fechar” o assunto (ainda mais se você vê a pessoa todos os dias), mas certamente não é um requisito para todos.

Abandonar o rancor, independentemente do método que você usa para alcançá-lo, significa entender genuinamente que não há nada que você possa fazer para mudar a outra pessoa. A única coisa em que você tem total controle é a maneira como você processa qualquer situação – como você reage.

2 – Mentir

Abandonar mentiras significa abandonar tudo que está ligado a ela, por isso é extremamente fácil se apegar a esse estado distorcido que diz: “Esse é quem eu sou. E enquanto eu manter minhas histórias mentirosas atuais sem acrescentar mais nada a elas, está tudo bem. Nunca saberão que inventei”.

Ser honesto pode ser muito difícil. E, às vezes, dependendo de cada pessoa, pode ser humilhante. E muitas pessoas sentirão que você as traiu. Algumas pessoas não conseguem nem cogitar a possibilidade de não mentir – afinal, mentir sempre foi uma forma de ganhar reações positivas. Livrar-se das mentiras requer, de certo modo, um “renascer” que pode ser quase impossível, dependendo da pessoa e seu nível de profundidade em suas mentiras.

1 – Se fazer de vítima

Primeiramente, vale a pena separar a vitimização de traumas: muitos de nós passam por momentos em que é difícil explicar a gravidade de seu impacto, dores que nos afetam profundamente e que nos destroem por dentro, deixando marcas e cicatrizes profundas. Isso é um trauma, sendo o ideal é sempre buscar auxílio profissional para isso.

Se fazer de vítima, por outro lado, é transformar todos os aspectos da vida em uma catástrofe pessoal. É culpar o mundo por todos os problemas, tirando a responsabilidade de nós mesmos pela mudança em nossas vidas, o que acaba gerando um conforto e apego a um sofrimento desnecessário.

Por isso, vale a pena rever essas características dentro de si e optar por mudar o seu mindset fixo para um mindset de crescimento, já que muitas delas podem sabotar uma pessoa e até mesmo eliminar boas oportunidades de suas vidas.

[Cracked]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...