30 coisas que você nunca teria imaginado se não fossem essas fotos

Nessa época em que a informação pode ser encontrada apenas em alguns cliques, é difícil crer que exista algo que ainda não tenhamos visto. Mas no mundo há muitas coisas surpreendentes que são difíceis de serem fotografadas.

Assim que quando alguém consegue a proeza de fazê-lo, terminamos todos de boca aberta e tentamos entender as maravilhas da mãe natureza.

E ainda melhor: existem pessoas muito sortudas em todas as partes do mundo, pois elas tiveram a sorte de capturar imagens que nos permitem ver fenômenos raros e assombrosos. E apesar de que hoje em dia tenhamos acesso a muita informação em um par de cliques, isso não quer dizer que não nos surpreendamos com o que vamos encontrando em nosso caminho. E para te convencer de que ainda falta muito para ver neste planeta, te deixamos aqui fenômenos raros e espécies estranhas do reino animal e vegetal. Preparado para se surpreender? Comecemos então!

1. Um ovo de tubarão através da luz

A maioria dos peixes ósseos produzem uma grande quantidade de ovos pequenos que depois são liberados na água, onde são fecundados externamente pelos espermatozoides liberados pelos machos. Mas os tubarões “optaram” por uma estratégia reprodutiva diferentes: os ovos são fecundados internamente e se investe mais energia ao produzir menos filhotes, porém, assim, eles ficam mais protegidos.

2. Um camaleão bem colorido

Cientistas suíços descobriram como os camaleões conseguem trocar rapidamente suas cores. Segundo um estudo publicado pela revista Nature Communications, eles reordenam os cristais dentro de suas células especializadas da pele. Algumas mudanças surgem a partir do reordenamento dos pigmentos que tornam a pele mais clara ou escura segundo o ambiente que os rodeia.

3. Tempestade elétrica vista desde a cabine de um avião

Uma imagem impactante que mostra o que somente alguns pilotos sortudos podem ver das alturas.

View this post on Instagram

St Elmo’s fire. Somewhere over the Atlantic between South-America and Africa we encountered a huge front of active thunderstorms. Flying in thick clouds with zero visibility, we had to rely on our weather-radar to get a clear image of the weather ahead. It was obvious that there was no way to fly all around this squall line of entangled thunderstorms that stretched across our route for hundreds of miles to either side. Coming closer, the radar provided us with a more detailed image of the interior of the clouds ahead, enabling us to plan a route through this maze of violent weather. This time though, we immediately understood that we won’t get away with a smooth passage. The storms had almost grown together into one, forcing us to find the ‘least’ violent spot to fly through. Our long range HF-radio was already rendered completely useless with the nearby storms that charge the atmosphere and our airplane, thereby blocking all signals to and from the outside…. Full blog can be read here; https://jpcvanheijst.com/blogs/2017/06/574544-st-elmo-s-fire-4-minute-read #stelmosfire #elmosfire #aircraft #airplane #boeing #boeing747 #747 #cockpit #flightdeck #pilot #piloteye #pilotlife #thunderstorm #cloud #cloudporn #instaweather #instaflight #instagramaviation #instaaviation #aviation #flight #avgeek #instadaily #photodaily #photoaday #photography #nature #jpcvanheijst #nikon

A post shared by Christiaan van Heijst (@jpcvanheijst) on

4. Raios sobre uma erupção vulcânica

 

5. Esse ponto à esquerda é Mercúrio orbitando o Sol

Este é um fenômeno que se pode observar aproximadamente 13 vezes durante um século. O espetáculo astronômico foi visível na maior parte da Europa Ocidental e América do Norte, e praticamente toda a América do Sul em 2016.

6. O olho desta aranha visto através de um microscópio

7. Poeira de estrelas sobre relâmpagos

View this post on Instagram

African night flight, stardust and lightning. Flying high over Niger on our way to N’Djamena (Chad), the billions of stars in the Milky Way above show as a vertical luminous path in the sky. At the same time, much closer to earth, violent thunderstorms spark and flash in a constant series of natural fireworks that are seldom seen in other places. With so much moist in the convective flow of air around the equator, the thunderstorms here often melt together into incredible supercells of many hundreds miles wide and easily grow up to 70.000ft (22km) above sea level. #milkyway #stars #night #storm #weather #clouds #cloud #thunderstorm #lightning #nightflight #pilotview #piloteye #photographyart #photoart #photoaday #photodaily #instagramaviation #instaaviation #avgeek #nikon #d800 #longexposure #longexposureoftheday #jpcvanheijst

A post shared by Christiaan van Heijst (@jpcvanheijst) on

 8. Peixe espada recém nascido

9. O final da Grande Muralha da China

10. Vista da troposfera da Terra no horizonte iluminada pela luz da Lua

View this post on Instagram

“Cargolux 455 Heavy, cleared atmospheric re-entry” – If only! Photo taken last week over the moon-lit Pacific Ocean. Skimming the edge of the Earth’s Troposphere, flying at an altitude that was close to the definition of ‘space’ in the 1950’s. With a bit of literary freedom I can consider myself a real astronaut, in retrospect. Or maybe I’ll just stick to the Cargonaut title instead 😉 #flying #flight #moon #moonlight #planet #atmosphere #boeing #747 #cockpitview #pilotview #piloteye #pilotlife #space #stars #pacific #night #nightflight #spaceflight #avgeek #aviation #aircraft #airplane #jpcvanheijst #instagramaviation #instaspace #instaflying #instadaily #nikon #d800

A post shared by Christiaan van Heijst (@jpcvanheijst) on

11. Um leão de montanha oculto em uma árvore coberta por neve

12. Fungos com forma de chamas

13. Casco de uma tartaruga coberto por fungos

 

14. Uma espécie muito curiosa chamada Lagarto Armadillo

 

15. A luz zodiacal, produzida pelo oxigênio da atmosfera

View this post on Instagram

Its not often that the so called Zodiacal light is that clearly visible! Zodiacal light is a faint glow that is sometimes seen at twilight when the sunlight is scattered in the interplanetary dust between the sun and the earth. On top of that, the International Space Station (ISS) made her third visible pass during our night flight, seen here as a bright trail of light as it reflects the sunlight from over the horizon. The green glow on the right is known as earth glow, not to be confused with aurora (or Northern Lights). Its actually a faint glow that is being produced by the oxygen in our own atmosphere and not a side effect of the sunlight or radiation. Sometimes visible with the naked eye, but you’ll to find a place with a little light pollution as possible. The joys of night flights. #zodiacal #night #nightflight #sunrise #space #iss #internationalspacestation #stars #earth #nature #earthglow #avgeek #aviation #pilotview #pilotlife #longexposure #photo #photography #instagood #instaphoto #instaspace #phootaday #photodaily #dailypic #nikon #longexposure_shots

A post shared by Christiaan van Heijst (@jpcvanheijst) on

16. Um eclipse visto a partir de um avião

17. Um iceberg com uma forma muito interessante na Groenlândia

18. Um arco-íris vermelho-fogo

19. Uma tempestade vista acima das nuvens

20. A melhor vista da Aurora Boreal vista desde um avião de carga

21. Ainda que poucos acreditem, esta é a palmeira mais alta do mundo

22. O coração de uma baleia

 

23. Um morcego albino

24. Explosão de um foguete depois de seu lançamento

 

25. Uma espécie de molusco muito rara chamada Nautilus de Papel

 

26. Trachyandra: a planta que parece tentáculos

27. Uma água viva maior que uma pessoa

28. Uma pedra muito preciosa

29. Uma neblina espessa que parece as ondas do oceano

30. Assim é um teatro de luxo por trás do telão

Qual te surpreendeu mais? Comente e não se esqueça de compartilhar este artigo com seus amigos!

Comentários
Carregando...