Veja a beleza de 4 lugares que resistem ao tempo

Existem lugares que mesmo desativados ou desabitados continuam belos em sua essência e são um marco de nossa história e nossa existência.

Em alguns casos, a natureza toma posse dos espaços que já foram seus, em outros, permanecem como construções simultaneamente tocadas e intocadas pelo tempo.

E ainda, o homem retorna aos locais para preservar sua história e cultura.

Veja a seguir quatro locais que permanecem belos e resistem à passagem do tempo:

Moinho Crystal, Crystal, Colorado, Estados Unidos

O moinho foi construído em 1883, quando Crystal era na época uma pequena cidade mineradora movimentada com seus 400 moradores.

Mistérios do Mundo

crédito Fábio Martins

Com o fim da mineração em 1893, Crystal foi se esvaziando e em 1915 a cidade quase ficou totalmente desabitada se não fosse por 15 residentes que decidiram ficar. Já o moinho foi fechado em 1917.

crédito: Moinho Crystal no outono/Julian L. Gothard

Nos dias de hoje, alguns moradores retornam durante o verão, mas “cidade fantasma” continua sendo a maneira como as pessoas se referem ao lugar. O moinho se tornou um ponto turístico na região, uma bela construção histórica à beira do rio Crystal.

Parque temático “Terra de Oz”, Carolina do Norte, Estados Unidos

O parque temático aberto em 1970 e funcionou até 1980, no seu auge atraía 20 mil visitantes por dia. Mas um incêndio em 1976, destruiu a Cidade das Esmeraldas e parte da coleção do museu, incluindo vestidos usados por Judy Garland no filme, forçou o fechamento das portas.

Mistérios do Mundo

O parque ficou abandonado por dez anos após a sua abertura, o que permitiu que adereços fossem roubados ou destruídos e casas inteiras chegaram a ser esvaziadas.

Mistérios do Mundo

Felizmente, em 1990, um grupo de voluntários decidiu fazer a restauração e todo verão, devolve à Terra de Oz um pouco do seu brilho.

Mistérios do Mundo

Hoje, é possível fazer visitação uma vez por ano.

Mistérios do Mundo

crédito: Seph Lawlesss

Hotel “Casona del Salto”, Colômbia

Com ar mal assombrado e de mistério, foi uma antiga hospedaria de luxo, construída em 1923 e inaugurada em 1927. Localizada na cidade de Soacha, fica próxima à capital. O hotel foi construído no alto de um penhasco e ao lado da Cachoeira “Salto del Tequendama.”

Mistérios do Mundo

crédito @travelsouthamerica

Depois de mais de duas décadas de abandono, após seu fechamento por causa da construção de uma hidrelétrica que afastou os turistas e pela poluição do rio, a “Casona del Salto” foi transformada em museu.

Mistérios do Mundo

crédito Agência de Notícias da Univerisdade de Colômbia

Segundo a agência de notícias da Universidade Nacional de Colômbia, o hotel reabriu as portas como museu em 2012 e a primeira exibição aberta ao público foi sobre cavernas.

Mistérios do Mundo

crédito Agência de Notícias da Univerisdade de Colômbia

O governo local em conjunto com a universidade e a a fundação sem fins lucrativos Granja Ecológica el Porvenir são os responsáveis pela gerenciamento do museu e da recuperação do rio Bogotá.

Mistérios do Mundo

crédito Agência Nacional da Univerisdade de Colômbia

Com informações de: agência nacional da Universidade de Colômbia, Globo, Examiner, 9News, Huffington Post

 

 

 

Comentários
Carregando...