20 fenômenos naturais que apenas algumas pessoas foram sortudas o suficiente para contemplarem

A natureza é misteriosa e imprevisível e, muitas vezes, nos deixa de boca aberta diante das inexplicáveis manifestações de seu poder. Embora você possa pensar que um rio subaquático ou pilares de luz sejam algum tipo de piada ou ocorrência milagrosa, a ciência tem uma explicação para (quase) tudo.

Compilamos 20 fenômenos naturais que apenas algumas pessoas foram sortudas o suficiente para contemplarem. Agora é sua vez:

20 – Lava Azul é o nome de uma reação química que cria chamas azul-elétricas da cratera Kawah Ijen na ilha Java, na Indonésia:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Nathalie Lambert (@nathalielambert49) em

 

19 – Raios vulcânicos são criados pela colisão de partículas de cinzas vulcânicas:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Thanksci (@thanksci) em

 

18 – O Salar de Uyuni, na Bolívia, é o maior deserto de sal do mundo e reflete o céu quando pequenas quantidades de água o inundam:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Maíra Peixoto (@maira_peixoto_) em

 

17 – Icebergs de cabeça para baixo são fascinantes:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Alex Cornell (@alexcornell) em

 

16 – O fenômeno bioluminescência faz as ondas brilharem da cor azul devido aos organismos vivos na água:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Amir Shahcheraghian (@amirshq) em

 

15 – Eventos luminosos transientes são muito maiores e mais assustadores do que os relâmpagos que normalmente vemos:

© Abestrobi / Wikimedia Commons

14 – Essa cachoeira se transforma em ouro quando o sol está se pondo:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Mill Spring Travel (@millspringtravel) em

 

13 – Um disco de gelo perfeitamente circular se formou em um rio em Westbrook, nos EUA:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por David de Zabedrosky (@dezabedrosky) em

 

12 – Um bando de estorninhos é chamado de murmuração:

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Ruben Ramos (@rubenramsc) em

 

11 – Um rio submarino no Cenote Angelita, no México:

© RowanBee / reddit

10 – Supercélulas são tempestades caracterizadas pela presença de um mesociclone que as faz girarem:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Gerardo A.??️ (@estaciondemeteorologia) em

 

9 – Uma Morning Glory Cloud é um fenómeno meteorológico raro que produz nuvens em forma de rolo:

© Mick Petroff / Wikimedia Commons

8 – Uma Tidal Bore é um fenômeno de maré em que a borda frontal da maré forma uma onda (ou ondas) de água que se deslocam contra a direção da corrente do rio ou da baía:

© Wikimedia Commons

7 – Wave Rock é uma formação rochosa natural na Austrália. Ela tem a forma de uma onda e tem 15 metros de altura:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por adventures in a bus (@adventuresinabus) em

 

6 – Asperitas é uma formação de nuvens que pode parecer sinistra, mas na maioria das vezes se dissipa sem a formação de uma tempestade:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por University of Adelaide (@uniofadelaide) em

 

5 – Círculos de fada são criados por cupins de areia e normalmente acontecem em lugares que têm um certo tipo de vegetação:

© Wikimedia Commons

4 – Um pilar de luz é um fenômeno óptico atmosférico no qual um feixe de luz vertical parece se estender acima e/ou abaixo de uma fonte de luz:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Gary Brinton (@brintonphotography) em

 

3 – Árvores congeladas chamadas “Sentinelas do Ártico” guardam o Norte:

2 – Um Desert Bloom é um fenômeno climático que faz com que uma variedade de flores desabrochem durante a primavera nos anos em que a chuva está em alta:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por ABC15 Arizona ☀️ (@abc15arizona) em

 

1 – Há belas cavernas de gelo sob o glaciar Mendenhall, no Alasca:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Garret Suhrie (@gsuhrie) em

 

Incrível, não é mesmo?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.