20 coisas que são comuns em outros países, mas parecem estranhas para nós

A diversidade cultural é uma das características mais encantadoras do nosso planeta. A prova disso é que muitas pessoas escolhem seus destinos turísticos pensando não apenas em conhecer lugares bonitos e dignos de cartões postais, mas também em trocar experiências com pessoas que vivem de forma totalmente distinta.

Nessa lista, você vai conhecer uma série de fatos que podem surpreender as pessoas de alguns países, mesmo sendo totalmente comuns em outros.

Confira:

1. Desde 2020, o transporte público é totalmente gratuito para os cidadãos de Luxemburgo. Bem que a moda podia pegar no Brasil, não é mesmo?


  Wikimedia Commons

2. A polícia italiana conta com uma Lamborghini na sua frota.


  massimomormile

3. Nos países da Escandinávia, é bastante comum ver crianças pequenas cochilando do lado de fora de suas casas, mesmo com temperaturas baixíssimas. As pessoas acreditam que a exposição ao ar puro faz bem para as crianças, mesmo com todo o frio.


  Bjonsson

4. Banheiras de madeira são consideravelmente comuns no Japão.


  Wikimedia Commons

5. Na França, as pessoas não possuem o hábito de refrigerar o leite.


  nikolai chernichenko

6. Este lugar na Nova Zelândia se autoproclama o detentor do maior nome do mundo, com 85 letras. Boa sorte tentando ler.


  Wikimedia Commons

7. No Reino Unido, centenas de pessoas se reúnem todos os anos para a famosa corrida do queijo. O evento consiste em descer uma ladeira correndo atrás de uma roda de queijo. Nem precisamos dizer que as equipes de enfermagem têm bastante trabalho durante o evento…


  Dennis Lam Sweden

8. Na Holanda, as escadarias são mais íngremes e estreitas do que na maior parte do mundo.


  Kirsten Loza

9. Você pode caminhar do norte ao sul do Principado de Mônaco em cerca de apenas uma hora.


  Google Maps

10. Os escoceses possuem o hábito de comer barras de chocolate fritas. Especialmente barras ‘Mars’, uma marca comum de chocolate no país.


  Peter Shanks

11. Na Tailândia, faz parte da etiqueta tirar os sapatos antes de entrar em uma residência.


  Wikimedia Commons

12. A grande maioria das ruas na Costa Rica não possuem nomes oficiais. As pessoas costumam se referir às ruas usando pontos de referência.


  Wikimedia Commons

13. Em grande parte das estradas da Alemanha, o limite de velocidade é apenas uma recomendação, e não uma lei.


  Wikimedia Commons

14. Existe uma tradição natalina na Eslováquia que consiste em manter um peixe vivendo na banheira antes de matá-lo e prepará-lo para a janta de Natal.


  Andrij Bulba

15. Na Finlândia, algumas pessoas participam de competições em saunas, onde elas tentam permanecer o máximo possível de tempo lá dentro.


  Hotel Arthur

16. A grande maioria das casas na Holanda não possuem cortinas. Os holandeses não costumam se importar em ter outras pessoas olhando para dentro de suas residência, e alguns historiadores dizem que isso pode ser uma espécie de “herança” das tradições de religiões protestantes, que cultivavam a ideia de “não ter nada para esconder”.


  storebukkebruse

17. Os sul-coreanos acreditam que usar canetas vermelhas é algo que atrai coisas negativas. No passado, escrever o nome de alguém em vermelho costumava significar que esta pessoa havia falecido.


  Crystal

18. O Tavuk göğsü é um tipo de sobremesa comum na Turquia que é feito à base de leite, levando peito de galinha na sua composição.


  a 1 u c a r d

19. Na Suécia, é comum deixar bebidas ao ar livre para que fiquem geladas na hora do consumo.


  GregMontani

20. Os suecos também costumam usar uma faca especial para cortar queijo, em vez das facas convencionais.


  Wikimedia Commons

buy metformin metformin online