19 “truques psicológicos” que podem ser extremamente úteis no seu dia a dia

A mente é uma máquina complexa e cheia de mistérios, sobre a qual ainda não conhecemos nem dominamos praticamente nada. No entanto, a ciência e a psicologia já são capazes de nos fornecer alguns “truques”, que podem nos ajudar no nosso dia a dia e na forma como lidamos com determinadas situações.

Confira algumas dicas que podem ser úteis:

1. Se você estiver prestes a fazer uma prova importante, como um vestibular, por exemplo, não acumule muito conteúdo para estudar na semana que antecede o exame. O ideal é estudar durante o ano e utilizar as vésperas da prova apenas para revisar o conteúdo.

2. Se você não quiser ser incomodado no serviço, na faculdade ou em algum outro lugar em que você precise se concentrar, utilize fones de ouvido, mesmo que não esteja escutando música. Isso costuma fazer com que as pessoas evitem falar com você.

Image by StockSnap from Pixabay

3. Quando você está em um grupo e alguém faz uma piada, você tende a olhar para a pessoa que você mais gosta enquanto ri.

4. A utilização de mnemônicos durante o estudo já teve sua eficácia testada e constatada cientificamente. Por isso, utilizar frases, mapas mentais e outros artifícios que lhe permitam lembrar do conteúdo estudado pode fazer a diferença na hora de se preparar para uma prova importante.

5. Se alguém estiver olhando para você no trem ou no ônibus, comece a olhar de forma constante para os sapatos desta pessoa. Isso costuma fazer com que a pessoa se sinta desconfortável.

6. Se alguém faz uma piada contra você, lhe ridicularizando ou humilhando, uma boa estratégia é fazer uma piada ainda melhor contra você mesmo. Isso pode funcionar em muitos casos em que a pessoa que caçoou de você primeiramente está apenas buscando atenção, já que você imediatamente transfere a atenção para si. Caso a pessoa insista com piadas destrutivas, no entanto, ela imediatamente assumirá a posição de uma pessoa tóxica, que está realmente com a intenção de lhe ofender, o que em grupo de pessoas minimamente civilizadas definitivamente coloca o agressor em uma posição desconfortável.

7. Crie o hábito de desabafar seus problemas com alguém, ou simplesmente anotá-los ou colocá-los para fora da sua cabeça de alguma maneira. Muitas vezes, quando estamos dando voz aos problemas que estão na nossa mente, percebemos que eles não são tão sérios assim. Ou então, pelo menos, tiramos um peso das nossas costas ao compartilhar nossas inseguranças com alguém.

8. As pessoas tendem a lembrar das coisas que acontecem no começo e no final de cada dia. Por isso, quando for marcar uma entrevista de emprego, se você puder optar pelo primeiro horário da manhã ou o último horário do dia, isso pode ser extremamente importante para ser lembrado pelo recrutador.

Image by Sue Styles from Pixabay

9. Quando um mentiroso está contando uma história que não condiz com a verdade, ele tende a mudar de assunto ou desviar a conversa quando percebe que está sendo confrontado ou levantando dúvidas. É neste momento que você pode continuar fazendo perguntas que provoquem contradições e exponham o mentiroso.

10. Utilize frases de gratidão em vez pedir desculpas o tempo inteiro. Caso você trabalhe com entregas, ou com algum outro tipo de serviço que envolva cobrança de prazos, não peça perdão por um atraso ou demora na entrega. Em vez disso, agradeça pela paciência. Pedir desculpas faz com que o foco fique na sua parcela de culpa pelo atraso, enquanto agradecer a paciência do cliente dá a ideia de que o serviço prestado levou mais tempo para ser concluído por conta da qualidade.

11. A auto-confiança é um fator de extrema importância na hora de tentar conquistar a atenção de alguém. Por isso, ao tentar conversar com uma pessoa com a qual você deseja ter algum tipo de relacionamento, evite demonstrar insegurança ou se preocupar excessivamente e se tornar ansioso demais.

Image by Free-Photos from Pixabay

12. É importante demonstrar suas fraquezas de vez em quando. As pessoas tendem a tolerar falhas e cobrar menos de pessoas que não dizem ser perfeitas ou totalmente competentes em algo. Por outro lado, se você costuma dizer para todo mundo que é muito bom em algo, o seu primeiro erro pode ser suficiente para que críticas pesadas apareçam.

13. Tendemos a gostar mais de pessoas que nos enxergam da forma como nós também nos enxergamos (ou queremos ser enxergados). Isto quer dizer que uma pessoa com uma percepção positiva acerca de si mesmo tende a gostar mais de indivíduos que também lhe enxerguem de forma positiva. Ao mesmo tempo, quem possui ideias mais crítica a seu próprio respeito tende a procurar outras pessoas que também sejam críticas.

14. Se você é um professor que quer instigar a turma a fazer perguntas sobre o tema que você acabou de abordar, ou quer incentivar o público de uma palestra a questionar sobre o que foi dito, há um pequeno truque você pode usar. Ao perguntar, por exemplo, “vocês teriam alguma pergunta?”, a resposta quase sempre é o silêncio. No entanto, perguntar “quais são as suas perguntas?” normalmente faz com que a plateia (ou a sala de aula) se sinta mais motivada a levantar questionamentos.

15. Demonstrar gratidão para as outras pessoas, dizendo “obrigado” com certa frequência, nos ajuda a manter relacionamentos com os demais, e melhora a forma como as pessoas nos enxergam.

16. Mascar chicletes pode ser útil quando você precisa manter a concentração em algo.

Image by Tabeajaichhalt from Pixabay

17. Se você estiver tentando convencer alguém de que o que você está dizendo é certo, esta tarefa pode ser mais fácil caso você esteja em pé, enquanto o “alvo” esteja sentado. É por isso, entre outras coisas, que a maioria dos palestrantes e professores costumam ficar em pé, enquanto a plateia (e alunos) quase sempre estão sentados.

Imagem de robinsonk26 por Pixabay

18. Quando uma pessoa está interessada em continuar conversando com você, normalmente seus pés estão voltados para a sua direção.

19. A melhor maneira de responder a uma pessoa que começa a gritar e a agir de forma violenta enquanto tenta provar um ponto é utilizando a calma e a paciência. Ainda que nosso instinto natural seja tentar gritar de volta e revidar a agressão, não faça isso! Nada irrita mais alguém do que obter uma resposta calma, sensata e tranquila depois de agir violentamente. Isso pode fazer com que você ganhe uma discussão!

E você, quais “truques” psicológicos costuma usar no seu dia a dia?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.