fbpx

17 coisas estranhas que você só pode ver na Índia

Um dos países mais populosos do mundo inteiro, e com uma cultura bastante antiga, a Índia é um país extremamente interessante e diversificado, apesar de não ser o destino mais procurado pelos turistas que visitam a Ásia.

Nesta lista, você vai conferir 20 fatos inusitados e curiosos que mostram coisas que você pode encontrar apenas na Índia, e em nenhum outro lugar do mundo.

Veja:

1. Policiais são pagos para manterem seus bigodes.

Wikipedia

Os indianos acreditam que os bigodes reforçam o respeito e a “masculinidade”, por isso pagam um incentivo na forma de bônus no salário dos policiais que ostentam bigodes.

2. Vacas devidamente identificadas.

Shutterstock

No estado de West Bengal, na Índia, as vacas são identificadas por números exclusivos, estampados em cartões que se assemelham às nossas carteiras de identidade. Essa é uma das práticas que derivam do status de respeito concedido pelos indianos a estes animais, que são considerados sagrados.

3. Hijras.

India series .. Hijra

“Hijra” é o termo indiano para denominar uma pessoa transgênero ou transsexual. Há alguns anos, os Hijras foram reconhecidos pelo governo indiano como um “terceiro sexo”, e receberam uma lei especial, que lhes oferece, por exemplo, passaportes e documentos oficiais, sem nenhum tipo de discriminação.

4. Primeiro livro a falar sobre cirurgias plásticas.

Alokprasad / Wikimedia Commons

Os indianos se orgulham de terem sido responsáveis pelo primeiro livro sobre cirurgias plásticas, o Sushruta Samhita. Escrito por Sushruta, o livro fala sobre a reconstrução dos lábios e do nariz a partir do uso de finas camadas de pele retiradas das bochechas.

5. A menor taxa de divórcio no mundo inteiro.

wikimedia

A taxa de casamentos que terminam com divórcio na Índia são as menores do mundo inteiro, e estima-se que apenas um a cada 100 casamentos terminem desta forma. No entanto, visto que muitos casamentos por lá ainda são arranjados pelos pais ou repletos de interesses financeiros, talvez este não seja um fato tão positivo assim.

6. Coca-Cola em vez de pesticidas.

Shutterstock

Conforme relatado em 2004 por uma reportagem da BBC, alguns fazendeiros indianos substituem os pesticidas regulares por Coca-Cola, afirmando que a bebida supostamente possuía a mesma capacidade de afastar as pestes.

7. A civilização mais reclusa do mundo inteiro.

Wikicommons

A Índia é responsável pela Ilha de Sentinela, que abriga um dos povos mais afastados da nossa civilização em todo o mundo. Por lá, os nativos são extremamente agressivos em relação a pessoas que se aproximam da ilha, e é estritamente proibido entrar no local, seja pela própria segurança ou também a dos nativos, que são muito vulneráveis a doenças e potenciais complicações decorrentes do contato com outros seres humanos estrangeiros.

8. Surfe com touros.

Wikicommons

Em Anandapally, região indiana, é comum a prática do esporte denominado “surfe com touros”, em que os participantes colocam touros para correr em campos de arroz, enquanto um homem se equilibra em uma prancha de madeira, segurando-se normalmente no rabo dos animais.

9. Leis que restringem a saída da moeda nacional do país.

Shutterstock

Se um dia você visitar a Índia, saiba que você não pode levar cédulas da moeda nacional, a rúpia, para fora do país.

10. Ornamentos da mulher casada.

Shutterstock

Se na cultura ocidental é comum que as mulheres (assim como os homens) utilizem apenas uma aliança na mão esquerda para simbolizar o casamento, na Índia as mulheres fazem uso da ‘Sola Shringar’, que consiste em 16 ornamentos diferentes que a mulher deve usar ao longo do seu corpo. Entre eles estão o famoso “ponto” colorido na testa, piercings, colares, anéis, entre outras joias.

11. Grande diversidade religiosa.

Shutterstock

A diversidade indiana se manifesta também no campo da religião. Na Índia, é possível encontrar praticantes do cristianismo, budismo, judaísmo, jainismo, siquismo, entre outras. No entanto, 80% da população indiana é praticamente do hinduísmo, considerada a religião mais popular do país.

12. Falando em religião, o hinduísmo possui mais de 330 milhões de divindades.

Shutterstock

Se a maioria das religiões ocidentais são monoteístas, o hinduísmo corre em outra direção, adotando algo em torno de 330 milhões de figuras divinas. Algumas das mais famosas, por exemplo, são Shiva, Brahma e Ganesha.

13. A cor do luto não é o preto.

Enquanto na maior parte do mundo usamos preto em velórios para simbolizar o luto, as viúvas utilizam roupas brancas para lamentar o falecimento de seus maridos.

14. O país das especiarias.

Shutterstock

A Índia é considerada o “país das especiarias”, já que estima-se que 70% de todas as especiarias do mundo sejam produzidas em território indiano. Vale lembrar, por exemplo, que a América foi descoberta por navegadores europeus que tentavam chegar na Índia justamente em busca de especiarias.

15. Homens andando de mãos dadas em sinal de amizade.

View this post on Instagram

Thank you @i_d #holdinghandsmumbai link in bio #personalwork #holdinghands #photography #mumdai #india thanks to @vievekdesai

A post shared by Vincent dolman (@vincentdolman) on

No Brasil, assim como na maioria dos países ocidentais, é comum que casais andem de mãos dadas em público. No entanto, na Índia é uma prática popular que os homens andem desta maneira na rua em sinal de amizade, e não de um relacionamento amoroso.

16. Grupos que oferecem suporte à casais que sofrem com o preconceito e a opressão.

Shutterstock

Os “Love Commandos” são grupos que dão apoio para casais de diferentes castas que são oprimidos, perseguidos e intimidados por conta de seus relacionamentos, considerados “proibidos” por parte da população indiana que ainda segue a cultura das castas.

17. Alianças de casamento nos pés.

17 fatos e coisas estranhas que só existem na Índia
Shutterstock

No estado indiano de Tamil Nadu, é comum a prática de colocar a aliança nos dedos dos pés após o casamento, em vez de utilizar as mãos. Para esta finalidade, são utilizados dois anéis de prata, e não de ouro, já que o ouro simboliza a abundância. Colocá-los nos pés, por esta razão, é considerado como algo desrespeitoso pela maior parte da população.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.