16 fotos arrepiantes do Projeto Manhattan

Em 16 de julho de 1945, a luz mais brilhante que já havia queimado no planeta Terra iluminou o deserto do sudoeste americano no estado do Novo México. Meses depois, seriam seguidas por mais duas luzes tão brilhantes que seriam capazes de matar a quase 200 mil pessoas. Eu estou falando sobre as bombas atômicas criadas durante o Projeto Manhattan, que foi o codinome para a fabricação dessas bombas que foram lançadas no Japão e efetivamente deram um fim à Segunda Guerra Mundial. O projeto, dirigido pelo físico norte-americano Robert Oppenheimer e pelo general Leslie R. Groves, foi alvo de várias críticas – uma vez que o mundo soube sobre ele -, e com razão.

O tema tem sido debatido uma e outra vez, e provavelmente sempre será. No final, a maioria parece concordar que tal perda de vida foi necessária para evitar uma perda ainda maior. Enquanto os norte-americanos lutavam para derrotar a Alemanha, além de criar e possuir as primeiras bombas atômicas do mundo, os que trabalhavam no Projeto Manhattan conseguiram manter essa informação em segredo – mesmo das pessoas que, sem saber, faziam parte dela.

Considerando que os Estados Unidos evacuaram e repovoaram três cidades com a finalidade de construir essa bomba, mantiveram seu propósito em segredo até mesmo de alguns funcionários, que passaram por vários acidentes radioativos durante o processo. Realizaram um teste altamente arriscado em solo americano e chegaram a conclusão de que foi, dependendo da sua linha de raciocínio, bem sucedido ou horrivelmente mal sucedido. Não é surpreendente que exista uma abundância de exemplos de imagens que assombram e perturbam aquela época da história estadunidense.

Aqui estão 16 dessas imagens. A razão por trás das mesmas as torna ainda mais arrepiantes. Outras são fotografias icônicas da Segunda Guerra Mundial, que foram tiradas nos momentos mais perturbadores possíveis.

16. Números assustadoramente altos

Mistérios do Mundo

No total, cerca de 600.000 pessoas foram empregadas pelo Projeto Manhattan. Na foto acima, um grupo de trabalhadores da Oak Wood ouve um discurso do General Groves, em 1945. Outro número interessante é o custo total do Projeto Manhattan. Custou US$ 2,2 bilhões até o final da Segunda Guerra Mundial, o que equivaleria a US$ 26 bilhões em 2015.

15. Cidades Atômicas Secretas

Mistérios do Mundo

Testes de detecção de mentiras foram utilizados durante o procedimento de contratação padrão para trabalhar na chamada Cidade Secreta de Oak Ridge, no Tennessee. Oak Ridge foi chamada por “Cidade da Bomba Atômica” – curiosamente, também foi nesta cidade que construíram as bombas atômicas utilizadas durante a 2a G.M. Mas esta cidade estava ausente de qualquer mapa. A cidade foi construída no meio do nada, em um local fácil de se manter em segredo.

14. Cale-se, se não…

Mistérios do Mundo

Estes são apenas dois dos muitos outdoors instalados em Oak Ridge. Com imagens nazistas, macacos e conversas entre inimigos, a mensagem não poderia ser mais clara: cala a boca! A cidade atômica secreta vangloriou-se de várias propagandas em outdoors para incentivar o apoio da guerra e para que as pessoas não comentassem nada com ninguém a respeito de seus empregos.

13. Brincando com a Cauda do Dragão

Mistérios do Mundo

Um homem chamado Haroutune Krikor “Harry” Daghlian, Jr. era um físico do Projeto Manhattan que morreu de síndrome de radiação aguda em 1945.

12. A Trindade Profana

Mistérios do Mundo

Esta foto pareceria assustadora mesmo se você não soubesse do que se trata. No caso de você não saber do que se trata, esta é uma foto do recipiente “Jumbo” sendo preparado para o Teste da Trindade, em Alamogordo, no Novo México, em 1945. Jumbo era o codinome do aço de 214 toneladas em forma de cúpula. O recipiente foi feito para manter o núcleo do dispositivo Gadget no caso de uma falha de ignição nuclear.

11. Marco Zero

Mistérios do Mundo

Esta foto mostra as consequências do teste da Trindade. A bomba dizimou tudo ao seu redor, incluindo a torre de aço que a prendia. Impressionante!

10. Cratera criada pela primeira bomba atômica do mundo

Mistérios do Mundo

Esta foto foi tirada 28 horas depois do Teste da Trindade. Quando a bomba foi detonada no deserto, a areia se derreteu e se transformou em um vidro verde brandamente radioativo chamado “trinitite”. A cratera que a bomba deixou foi de um metro e meio de profundidade e trinta metros de largura.

09. Enola Gay deixa cair o “Garotinho”

Mistérios do Mundo

Este avião, o Enola Gay, lançou a bomba nuclear, intitulada como “Little Boy” (Garotinho, em português) sobre a cidade de Hiroshima. Quando esta foto foi tirada, 80.000 pessoas (30% da população da cidade) estavam prestes a serem mortas em questão de segundos, e outras milhares de pessoas morreriam em seguida.

08. Propaganda para o Bombardeio Suicida?

Mistérios do Mundo

Para dizer a verdade, eu não tenho muitos detalhes à respeito desta propaganda idiota… só sei que ela foi feita para promover a guerra e o bombardeio nuclear. O que você pensa quando vê uma linda mulher sorridente amarrada a uma bomba prestes a destruir uma cidade?

07. Happy Hour

Mistérios do Mundo

Esta foto é “perturbadora” apenas porque esta foto foi tirada no momento em que esses trabalhadores festejavam nos avances da tecnologia que tiraria a vida de milhares de pessoas. Esta festa pelo visto era extremamente necessária, já que todo mundo precisa parar para se divertir de vez em quando…

06. O Gadget

Mistérios do Mundo

Este é o Gadget, dispositivo nuclear que foi criado por cientistas para testar a primeira bomba atômica do mundo. Isto aconteceu no local da Trindade, no Novo México (evento já descrito acima), e na foto vemos o físico Norris Bradbury, sentado ao lado de sua criação.

05. “Mississippi do Norte”

Mistérios do Mundo

Lula Mae Little foi uma mulher negra do oeste de St. Louis, recrutada para trabalhar em uma das “cidades atômicas” secretas dos EUA no estado de Washington. Na cidade deserta de Hanford, para Little e outras pessoas como ela foram oferecidos alojamento, comida, salários altos e horas extras. Mas depois de apenas alguns meses de trabalho no refeitório, ela parou de trabalhar devido ao racismo, a segregação e a discriminação racial, que possuía níveis tão altos que ela chegou a comparar o lugar com o estado de Mississippi, que era infame para esse tipo de coisa.

04. Depressão e embriaguez

Mistérios do Mundo

Mas os afro-americanos não eram os únicos que sofreram em Hanford, embora o caso deles fosse o pior de todos (ter que lidar com a discriminação e além disso, o que estou prestes a dizer). A maioria dos funcionários do local nem sabia no que estavam trabalhando, e, graças a pressão pela qual tinham que passar todos os dias, muitos se embriagavam ou entravam em depressão.

03. Duas cidades apagadas da face da Terra

Mistérios do Mundo

Há muitas fotos disponíveis na internet para quem quer ver as imagens do antes e depois das cidades de Hiroshima e Nagasaki. A imagem acima é apenas uma delas. O local passou do que era uma cidade normal para a face de um planeta inexplorado.

02. Uma nuvem de fumaça real

Mistérios do Mundo

Muitos acreditam que esta foto foi tirada pouco depois do momento da explosão da bomba que detonou Hiroshima, mas na verdade, foi tirada cerca de três horas depois, e esta nuvem foi consequência das chamas que queimavam a cidade.

01. Em breve?

Mistérios do Mundo

Educação é importante. As aulas de História tem o intuito de, além de expor os fatos que mudaram o mundo, educar as novas gerações para que não repitam os erros do passado. Mas quem criou esta história em quadrinhos acima, não parece ter entendido o recado. Estão ensinando sobre átomos, ok, porém ao mesmo tempo dando uma ideia de como funciona uma bomba atômica, e eu não estou certo de que esta seria a maneira correta de ensinar isso às crianças.

[TheRichest]

Comentários
Carregando...