Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

15 coisas que as crianças de hoje nunca vão entender

1 – Passar bilhetes

Hoje em dia, os recados são passados por WhatsApp ou Facebook.

Fonte
Fonte

2 – Nintendo

Tente explicar para um criança moderna por que você assoprava suas fitas de video-game.

Fonte

3 – Revelar fotos

As crianças hoje em dia não fazem nem ideia de como era a sensação de tirar uma fotografia e saber como ela havia ficado.

fotos
Fonte

4 – Discman

Era isso que usávamos antes do advento dos MP3 e celulares modernos.

Fonte
Fonte

5 – AOL

Quem usou o discador da AOL uma vez, nunca mais esqueceu.

Fonte
Fonte

6 – Ouvir música no rádio

Sabe aquela sensação de esperar e torcer para que sua música favorita toque no rádio? Ou até mesmo ligar para a emissora pedindo alguma música específica? Sabe? Então você provavelmente já tem uma certa idade.

Fonte
Fonte

7 – Mapas

Quando não havia Google Maps…

 

Fonte

8 – Guias telefônicos

Fonte

As crianças modernas nunca vão conhecer a dificuldade de procurar o número de alguém em um guia telefônico.

9 – Fita cassete

Elas nunca vão entender a relação entre esses dois objetos.

Fonte
Fonte

10 – Imprimir rotas

Quando não havia GPS, o jeito era imprimir a rota… ainda que isso acabasse fazendo você se perder de vez em quando.

Fonte

11 – Disquete

Ah… aquela sensação de gravar jogos de 10mb em 10 disquetes diferentes. Para os que não sabem, esses eram os pendrives da geração passada.

Fonte

12 – Encartes de CD’s

Elas nunca vão ouvir uma música lendo a letra no encarte do CD. Afinal, nem devem mais comprar CD’s.

Fonte

13 – Downloads lentos

Nada de 1Mbs… antigamente, os downloads eram, em média, de 30Kbps. Isso significava ficar até uma hora esperando para baixar uma música.

Fonte

14 – Linha cruzada

Só os mais velhos lembram o que era pegar o telefone e atrapalhar a ligação de quem estava no outro quarto… ou ainda de quem estava utilizando a internet discada.

Fonte

15 – E antes do Google…

Essa era a nossa Wikipédia.

Fonte

Via: Guff

Comentários
Carregando...