11 fenômenos que a humanidade viu somente uma vez

Muitas são as coisas que nos surpreendem quando falamos sobre a história da humanidade, porém embora muitos eventos importantes tenham chamado nossa atenção, sem dúvida os fenômenos não ficam atrás, já que cada um tem sua importância e incentivou futuras pesquisas científicas.

A seguir você irá conhecer 11 fenômenos que foram vistos apenas uma vez neste mundo estranho em que vivemos, que funciona mais como uma caixinha de surpresa do que qualquer outra coisa. Veja só:

11 – Evento Tunguska

© Sir Gawain / Wikipedia commons

Se você assistiu à série Cosmos do célebre divulgador científico Carl Sagan, deve ter ouvido falar sobre essa explosão, que ocorreu em 1908 perto do rio Stung Tunguska.

Existem muitas teorias sobre o que motivou a explosão, sendo que algumas delas dizem que a explosão foi causada por um  meteorito que penetrou na atmosfera e explodiu antes de atingir o solo, liberando energia que seria equivalente a 185 bombas de Hiroshima.

A ausência de crateras se dá porque a rocha gigante se desintegrou antes de impactar a terra, queimando a vegetação local e matando os animais que ali habitavam. Até hoje nenhuma árvore cresce nessa área.

10 – Uma Lula gigante nas águas dos Estados Unidos

© TadejM / Wikipedia commons

Essas lulas são muito comuns nas águas japonesas, porém cientistas estadunidenses conseguiram capturar uma lula gigante nas águas de seu país em uma profundidade de 750 metros.

Para fazer isso, eles usaram um sistema de câmera especializado que usava luz vermelha indetectável para criaturas do fundo do mar com mais de 120 horas de gravação!

9 – Rio Mississipi fluindo para trás

© Tom fisk / Unsplash

O Rio Mississipi está localizado nos Estados Unidos e é o quarto mais longo do mundo.

No ano de 2012 aconteceu um fenômeno pra lá de esquisito: o furacão Isaac fez o rio recuar por 24 horas, atingindo uma altura de quase 3 metros acima do habitual.

8 – A temperatura de Urano

© Uwe W. / Wikipedia commons

Graças à sonda espacial Voyager 2, em 1986 a NASA conseguiu se aproximar de Urano pela primeira vez.

Urano é o planeta mais frio do nosso sistema solar, embora não seja o mais distante do sol. Mas o que o faz ser tão frio assim? Bem, segundo os cientistas, isso se deve ao fato de não possuir uma fonte interna de calor. Sua temperatura é de -235 °C!

7 – O “Evento Carrington”

© Emijrp / wikipedia commons

Em 1859 ocorreu um evento considerado um dos mais extremos da história das tempestades solares: o “Evento Carrington”.

O que aconteceu, mais precisamente, foi que um número de partículas solares colidiu com o campo magnético da Terra, exibindo outro fenômeno conhecido como aurora boreal.

O diferencial de Carrington foi o seu poder: as luzes foram vistas em várias regiões do mundo ao mesmo tempo.

6 – A Catástrofe de Toba

© Anynobody / Wikipedia commons

Há cerca de 74.000 anos, o supervulcão Toba quase causou extinção da espécie humana, reduzindo a população humana mundial a 10 mil ou talvez a meros mil casais: sua explosão ejetou muitas cinzas e gases de enxofre que bloquearam a luz do sol e isso tornou a vida na terra basicamente impossível. Plantas e animais morreram em massa por conta do ar ter se tornado tóxico e difícil de respirar.

O lago Toba, na ilha de Sumatra, continua sendo o maior lago de crateras do mundo, mas… como os seres humanos sobreviveram após aquela terrível catástrofe?

Bem, acredita-se que a erupção provavelmente tenha criado áreas chamadas refúgios, onde os humanos poderiam sobreviver a condições adversas. As regiões costeiras foram especialmente importantes, pois os moluscos foram menos afetados pela erupção do que as plantas e animais do continente, fornecendo uma fonte nutritiva de alimento para os seres humanos antes que a caça se tornasse uma opção novamente.

5 – O sinal “Uau” no universo

© Diego pmc / Wikipedia commons

Em 1977 um telescópio chamado The Big Ear recebeu um sinal de uma onda sonora muito mais forte do que é comum ouvir no espaço. A onda que durou 72 segundos e que marcou seu pico de intensidade 30 vezes mais forte que os sons normalmente emitidos pelo Universo.

O astrônomo de rádio Jerry Ehman ficou tão impressionado com o sinal poderoso do espaço que circulou a leitura impressa no computador que dizia “6EQUJ5” seguindo pelo comentário “Uau!” . Até hoje não sabemos o que provocou esse sinal. Vida alienígena, talvez? Bem, ninguém sabe…

4 – Epidemia da Dança

© Tohma / Wikipedia commons

Imagine só sair pelas ruas e se deparar com todo mundo dançando, freneticamente? Pois é: por incrível que pareça, esse evento existiu.

 No século 16 em Estrasburgo, na França, cerca de 50 a 400 pessoas saíram às ruas para dançar incontrolavelmente por dias. Cerca de 15 pessoas estavam morrendo todos os dias devido à exaustão e ataques cardíacos e muitas outras foram levadas para santuários de cura.

O motivo de essas pessoas dançarem obstinadamente até a morte nunca foi identificado. Embora esse fenômeno não possa ser explicado, existem muitas teorias sobre o assunto, uma das quais é a esmagadora qualidade de vida da população pobre de Estrasburgo.

3 – Cometa West

© C messier / Wikipedia commons

Durante a década de 1970, este cometa impressionante cruzou os céus e deixou um rastro brilhante muito intenso no céu.

Essas grandes bolas de gelo, rocha e poeira se desintegram e deixam uma grande cauda de sujeira feita de gases que queimam em contato com a atmosfera. No caso do cometa West a cauda parecia mais brilhante do que qualquer outro, já que sua cauda poderia ser claramente distinguida, por ser aparentemente mais brilhante que Vênus. Este é um evento que raramente acontece.

2 – Furacão Catarina

© Good kitty / Wikipedia commons

Esse furacão é único porque é o primeiro e o último até agora a atingir a costa do Brasil e o único registrado que chegou à América do Sul, em 2004.

Foi um furacão de categoria 2, atingindo o litoral catarinense como categoria 1, com ventos entre 120 e 150 km por hora.

1 – Varíola: a única doença humana que foi erradicada com sucesso

© G716 / Wikipedia commons

A varíola foi um dia uma das doenças mais mortais da história humana, mas felizmente foi completamente erradicada.

 A vacina contra a varíola foi a primeira vacina bem-sucedida a ser inventada: descobriu-se que os camponeses que trabalhavam com gado contraíam uma versão muito mais benigna da doença e, graças a isso, foram imunizados contra ela.

 Isso mostrou que a administração do vírus atenuado poderia gerar anticorpos para qualquer cepa do mesmo vírus o que, mais tarde, se tornaria a vacina que conhecemos hoje.

Agora, qual desses fenômenos raros você achou mais impressionante? Conte pra gente nos comentários!

você pode gostar também
1 comentário
  1. Juan Rossi Diz

    Conhecia apenas alguns destes fenômenos, mormente o de Tunguska. Porém todos possuem bom grau de alvissareiro mistério – ou melhor, são fenomenologias atípicas em nosso cotidiano terrestre – assim como a viral hodierna. Entre outras coisas “misteriosas” poderíamos incluir loucuras como universos paralelos, ciência da holografia em astronomia, partículas exóticas, desconhecimento enorme sobre matéria e energia escura (maioria do que percebemos no universo atual), buracos de minhoca e buracos negros, informações geradas no limiar destes mesmos de qualquer coisa que ali caia, fractais, caos e inteligência artificial possível – nada distante em termos factíveis, aliás! E a lista prosseguiria ad infinitum – entre casos no limite da ciência e superstição desde primórdios da civilização…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.