11 coisas que você provavelmente não sabia sobre suas comidas favoritas

Você acha que já sabe tudo sobre a comida que você come? Então talvez essa lista possa lhe ajudar a mudar de ideia.

Confira:

1. Oreo.

Oreo

As formas geométricas estampadas na superfície das bolachas Oreo são alvo de algumas divergências em relação a seu significado. Alguns acreditam se tratar de trevos de quatro folhas, enquanto outros vão mais longe e afirmam que as formas lembram a Cruz de Lorraine, carregada pelos Cavaleiros Templários, ou até mesmo uma variante do logotipo da Nabisco.

2. Pontos vermelhos no ovo.

grazeme

As pessoas tentam explicar as manchas vermelhas que surgem ao abrir alguns ovos de várias formas distintas, mas a verdade é que essas manchas são provocadas por pequenos rompimentos nas veias do animal no momento em que colocava o ovo. Isso não tem absolutamente nenhuma relação com a alimentação da galinha ou com o tratamento que ela recebe.

3. Seu hambúrguer não foi feito a partir de apenas um animal.

Shutterstock

De acordo com o Washington Post, a grande maioria dos hambúrgueres disponíveis no mercado são resultado da mistura de tecidos musculares de várias vacas diferentes. O que significa que, quando você come um hambúrguer, na verdade está consumindo vários animais ao mesmo tempo.

4. Comer um pouco de chocolate antes de uma refeição pode ser saudável.

Shutterstock

Se você comer um pequeno pedaço de chocolate amargo (dark) antes de almoçar ou jantar, seu sangue perceberá um aumento de glicose, o que fará com que você se sinta saciado mais rápido, sem precisar comer tanto.

5. Como saber se um ovo está próprio para consumo.

sovkusom

Existe um truque bastante simples para saber se um ovo já está estragado ou se ele ainda pode ser consumido. Basta colocá-lo dentro de um copo com água. Caso ele boie, é um sinal de que há formação de gases provenientes da decomposição dentro do ovo, e ele já não está próprio para consumo.

6. Queijo Camembert.

O queijo Camembert deve ser consumido o mais próximo possível de seu vencimento, mas nunca depois dele.

Shutterstock

7. O chocolate branco, na verdade, não é exatamente chocolate.

Este doce é feito com açúcar, leite, baunilha, manteiga de cacau e outros ingredientes. Tecnicamente, seu processo de fabricação é totalmente distinto do chocolate, e por isso não é correto dizer de forma técnica que ele se trata de fato de um chocolate.

Shutterstock

8. O mel nunca fica impróprio para o consumo.

O mel mais antigo do mundo foi descoberto em 1922 na tumba do antigo faraó egípcio Tutancâmon. Ele foi testado química e biologicamente e ficou constatado que ainda está próprio para o consumo!

Shutterstock

9. É melhor não consumir o chá depois de muito tempo após seu preparo.

O chá deve ser consumido logo depois de seu preparo, já que quando esfria pode irritar as paredes do estômago. Os chineses, por exemplo, levam isso muito a sério, e consideram o chá frio praticamente como um veneno.

Shutterstock

10. O corante presente em vários alimentos pode prejudicar a saúde das crianças.

O corante não é benéfico para absolutamente ninguém, mas algumas pesquisas apontam que especificamente quando consumidos por crianças, os corantes podem ter participação no desenvolvimento de transtornos de comportamento, como a hiperatividade.

Shutterstock

11. Bananas atraem mosquitos.

Por alguma razão, os mosquitos parecem ser mais atraídos por pessoas que acabaram de comer bananas. A razão por trás deste fato ainda não foi totalmente explicada pela ciência.

sovkusom

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.