10 transformações incríveis de pessoas que pararam de usar as drogas mais pesadas

A toxicodependência é um problema muito sério que aflige muitas pessoas em todo o mundo. Quaisquer que sejam os motivos do uso de drogas, é importante parar. Sua saúde, sua vida e a felicidade de seus entes queridos dependem disso.

Para servir como fonte de inspiração de que absolutamente tudo é possível na vida, o Mistérios do Mundo compilou esta lista das transformações mais espetaculares, majestosas e surpreendentes de pessoas que deixaram de usar heroína, metanfetamina e outras drogas pesadas. Dê uma olhada longa nessas fotos antes e depois, compartilhe-as com seus amigos e deixe-nos saber quais transformações você acha que são as mais drásticas.

1. 12 anos livres do vício ativo

Nikilynn0125

“A foto à esquerda sou eu aos 22 anos, já na minha primeira clínica de metadona. Eu era uma sem-teto, uma ladra, abandonada, me degradando, não tomava banho ou cuidava de uma simples higiene. Eu me sentia sem esperança e orava a Deus para morrer dormindo todas as noites. Para evitar a prisão, fui a outra reabilitação. Dessa vez eu estava tão cansada que escutei. Desta vez, tentei as sugestões. Não acreditava que nada desse certo para mim, mas não queria mais usar.

Encontrei uma centelha de esperança e, eventualmente, recuperação. Não se trata de força de vontade, fraqueza ou mau julgamento. Esta é a doença do vício. A foto à direita sou eu hoje, aos 45 anos. Eu possuo uma casa, um carro, tenho uma família, amigos, um ótimo trabalho e, o mais importante – paz. Tenho orgulho da pessoa que sou hoje e nunca pensei em dizer isso. Não achei que viveria até os 30 anos.

Postei isso para dar esperança a qualquer um dos meus colegas que lutam contra o vício. Existe vida do outro lado. Há esperança. Se uma drogada como eu pode fazer isso, qualquer um pode. Eu não faço isso sozinha. O suporte é imprescindível, e não usar drogas, aconteça o que acontecer”.

2. 12 meses limpa hoje (27 de agosto)

West Midlands Police

Caroline Best era viciada em heroína e crack e passou os últimos 15 anos dentro e fora da prisão, devido a furtos em lojas para financiar seu vício. Apenas 12 meses atrás, a mulher de 36 anos foi informada de que ela tinha apenas um ano de vida. Seu vício fez com que seu coração começasse a falhar e lhe disseram que não seriam capazes de operá-la até que ela parasse de usar as drogas.

Stuart Toogood, da equipe de polícia do bairro de Erdington, procurou Caroline no ano passado para tentar mudar sua vida e finalmente salvá-la. Com a ajuda de Toogood, Caroline entrou em uma clínica de reabilitação em agosto passado e, após um intenso programa, agora vive em uma casa e está limpa desde então – comemorando 12 meses limpos hoje (27 de agosto).

Mais importante, Caroline foi informada de que ela não precisava mais de uma operação cardíaca, pois sua válvula defeituosa havia se consertado devido ao seu estilo de vida drasticamente aprimorado.

3. Eu sou um exemplo vivo de que, embora eu tenha ido ao inferno e voltado, ainda há esperança

theaddictsdiary

“Eu tenho 30 anos. Eu tenho lutado contra o vício desde que comecei a usar esteróides aos 19 anos de idade. Fiquei 14 meses na prisão no estado do Ceará, no Brasil. Fui criado por uma família fantástica e não havia sinais dessa batalha que estava por vir enquanto crescia. Eu desenvolvi um vício enquanto competia no bodybuilding. Esteróides, anfetamina e cocaína. No ano passado, eu fumava crack diariamente. Mas, o vazio lá dentro estava sempre lá até eu ir para a reabilitação em 27/05/19. Hoje, estou 78 dias sóbrio. Sou humilde, porque deixei meu orgulho de lado e pedi ajuda. Salvou minha vida”

4. Meu marido e eu passamos os primeiros 15 anos de nosso casamento no caos e no vício

theaddictsdiary

“Seguimos caminhos separados de recuperação e nos reunimos como uma força, uma vez que nos tornamos saudáveis novamente. Estamos agora há mais de 3 anos limpos e vivendo o máximo! Agradeço a Deus todos os dias, não apenas pela minha recuperação, mas por termos conseguido superar todas as probabilidades e termos feito juntos”

5. Hoje estou 6 meses limpa e não poderia estar mais agradecida

theaddictsdiary

“Em novembro passado, acordei no hospital depois de descobrir que tinha endocardite por usar heroína e metanfetamina. Os médicos não podiam acreditar que eu ainda estava aguentando. Pela graça de Deus me foi dada uma segunda chance. Depois de dois meses no hospital, saí saudável com uma nova perspectiva de vida.”

6. Há 8 meses, tive uma overdose e quase perdi a vida. O médico disse que não sabia como eu sobrevivi

theaddictsdiary

“Fiquei na UTI por 10 dias e meu rosto estava parcialmente paralisado. Saí do hospital e imediatamente comecei a usar novamente. Quebrado e espancado, finalmente procurei ajuda profissional e, depois disso, mudei para uma vida sóbria. Hoje estou 84 dias sóbrio. Meu rosto sarou e minha vida mudou de muitas maneiras. A jornada não foi perfeita, mas definitivamente valeu a pena.

Mostre esta foto para sua família e amigos. Este é o resultado final das drogas. Eu sou um dos sortudos.”

7. Feliz 13 anos de sobriedade para mim

LostWingnut

“19 anos de idade. Eu pensava que era a pessoa mais incrível. Eu pesava cerca de 45 quilos. Eu era uma idiota. Eu roubei dos meus amigos drogas. Roubei da minha família drogas. Eu menti. Trapaceei. Feri pessoas muito boas. Eu não tinha mais ninguém além do meu padrasto quando parei. Ninguém mais acreditou em mim. Foi uma época muito difícil. Faz dez anos e estou pronta para deixar o passado no passado. Eu não sou uma ex-viciada. Eu não estou em recuperação. Neste outono, subirei ao palco e cobrarei meu diploma em contabilidade. Sou uma pessoa inteira, forte e incrível e tenho muito orgulho de mim mesma”

8. Estou 4 anos sem drogas

GrizzMcFzz

“A partir de hoje, eu tenho 4 anos sem drogas. Eu tenho uma carreira, uma casa, um cachorro e uma noiva. Foi uma luta, mas definitivamente valeu a pena. Mantenham-se fortes!

9. 7 meses sem álcool e heroína

Israel_Anthem

10. 2 anos e meio sóbria de metanfetamina

theaddictsdiary

“Durante a maior parte da minha vida, lutei contra o vício. Hoje, eu estou 2 anos e meio sóbria de metanfetamina e pílulas. Recuperei minha carteira de motorista. Estou trabalhando em período integral e, na próxima semana, começo a faculdade para me tornar conselheira sobre drogas. Recuperação é possível.”

você pode gostar também
1 comentário
  1. Matias Diz

    A droga não rouba só sua saúde, rouba sua dignidade, família, amigos, quem amamos e por último sua alma.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.