10 lugares na Terra que parecem ter saído dos seus mais terríveis pesadelos

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Esses locais naturais parecem pertencer muito mais a um pesadelo do que ao nosso planeta. No entanto, são reais. Entre paisagens incríveis, fenômenos aterrorizantes e lagos tão profundos que nunca foram totalmente explorados, confira 10 lugares na Terra que a natureza criou com bastante ódio.

10 – Lago Truk

O Lago Truk, localizado na costa da Micronésia, é um dos maiores cemitérios de navios do mundo. O local era utilizado pelos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial, como quartel general. Em fevereiro de 1944, tropas americanas atacaram e afundaram mais de 60 navios e 275 aviões.

Agora, as profundezas do lago guardam incontáveis destroços de navios, bombas, caixas e até mesmo esqueletos humanos.

9 – A Porta para o Inferno

A Porta para o Inferno é um buraco de 70 metros de diâmetro localizado no meio do deserto do Turcomenistão, no vilarejo de Derweze. O local queima há 40 anos, desde que um time que geólogos acidentalmente escavaram uma caverna subterrânea repleta de gases perigosos. Para se livrar da ameaça, a equipe teve a ideia de queimar esses gases. A queima continua até hoje, dando esse aspecto cinematográfico ao local.

8 – A Depressão de Afar

No leste da África, repousa a Depressão de Afar, área que abriga o maior lago de lava do mundo, o Erta Ale. O local também é considerado uma das áreas mais ativas geologicamente em todo o planeta, exibindo uma série de falhas geológicas, vulcões e fontes termais.

Por lá, os terremotos são constantes, e existem nada mais e nada menos que 12 vulcões ativos.

7 – Pedreira Hodge Close

Localizada no Reino Unido, esse local possui uma das imagens mais assustadoras que a natureza já criou. A região é bastante utilizada como área de mergulho, com diversas cavernas subaquáticas, que podem ser acessadas por mergulhadores aventureiros.

No entanto, em 2011, o fotógrafo Peter Bardsley noticiou que quando as águas estão tranquilas, o local forma uma figura perfeita de uma caveira, dando um aspecto assustador à pedreira.

6 – Namaskaro

Namakasro é uma região na Islândia que está localizada na base do Monte Namafjall – um dos vários vulcões localizados na área. Toda a região é um ponto de atividade geotermal, formando uma das paisagens mais impressionantes do planeta.

O chão é coberto por substâncias ricas em enxofre, formando piscinas de material efervescente. Os gases liberados pelo local criam uma neblina constante, dando um ar ainda mais bizarro à região.

5 – Parque Nacional do Tsingy de Bemaraha

Esse Parque Nacional localizado em Madagascar é um dos lugares mais estranhos do planeta. Todo o parque é repleto por rochas que se assemelham a árvores, com tamanhos que ultrapassam os 120 metros em algumas áreas. O parque é habitat natural de várias espécies que não são encontradas em nenhum outro lugar do planeta, principalmente por conta do seu ambiente pouco usual.

Pesquisadores que já exploraram o local dizem que é extremamente difícil andar por lá, principalmente por conta das passagens extremamente apertadas entre uma rocha e outra.

4 – Geleira Perito Moreno

A Geleira Perito Moreno é uma das várias geleiras localizadas na Patagônia, e possui 250 km², possuindo um ambiente totalmente incomum, com picos de gelo e ravinas profundas. Em outras palavras, é um deserto de gelo e neve lentando avançando na direção do Lago Argentino.

3 – Lago Azul, da Rússia

O Lago Azul, localizado na Rússia, é o que se chama de lago cárstico – que não possui corrente entrando ou saindo dele. Isso ocorre porque o lago é alimentado principalmente por uma série de cavernas e passagens subaquáticas.

Mas o mais assustador é que o solo do lago nunca foi explorado, já que alguns estimam que ele tenha cerca de 250 metros de profundidade – o que faz com que nunca tenha sido completamente estudado.

Por esse motivo, muitos costumam chamar o lago azul de “lago insondável”, ou sem fundo.

2 – Cavernas Gomantong

Essas cavernas, localizadas na Malásia, abrigam milhões de morcegos e outros pássaros semelhantes, o que faz com que muitos as chamem de “inferno na Terra”.

Por conta da grande população de morcegos, o chão das cavernas é repleto de fezes, que chegam a formar montes que ultrapassam um metro de altura.

Mas para chegar até lá, você também precisa atravessar uma parte da caverna repleta por baratas, ratos, caranguejos e até mesmo centopeias.

1 – Parque Nacional Madidi

Localizado entre os Andes e o Rio Tuichi, na Bolívia, o Parque Nacional Madidi é, de fato, um dos lugares mais pavorosos de todo o planeta. Lá, tudo é venenoso.

Em 1999, o fotógrafo Joel Sartore gastou um mês no parque tentando capturar algumas fotografias do local. No final da primeira semana, ele estava repleto de erupções cutâneas em suas mãos e no seu rosto, resultado do contato com uma mariposa.

De acordo com relatos, porcos selvagens atacam as pessoas que decidem se aventurar por lá. Durante a viagem de Sartore, um dos homens que se aventurava junto com ele foi infestado de parasitas que se alimentavam do seu estômago. Um bebê de nove meses de idade, filho de um dos guias, foi infectado com um fungo parasita.

O fotógrafo foi infestado por larvas da mosca em sua mão, cavando um buraco na carne e criando uma ferida simplesmente terrível.

Como se já não fosse suficiente, Sartore foi diagnosticado com leishmaniose algumas semanas depois de deixar o Parque.

E aí, vai encarar?

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...