10 ilhas artificiais incríveis espalhadas pelo mundo

Versão em vídeo:

Versão em texto:

Sempre que pensamos em ilhas já imaginamos locais paradisíacos, longe da civilização e, muitas vezes, cenários onde aventuras como Tarzan ou “A Lagoa Azul” podem acontecer. Algumas das ilhas de fato possuem água da cor turquesa e coqueiros com água de coco em abundância, mas além da visão paradisíaca que temos, não podemos nos esquecer de que existem ilhas pra lá de assustadoras.

Um exemplo delas é a Ilha das Cobras, oficialmente chamada de Ilha da Queimada Grande, que fica localizada a 35 km do litoral de São Paulo, entre as cidades de Peruíbe e Itanhaém. Nesta ilha de 1500 metros de comprimento e 500 metros de largura, há cerca de 45 cobras por hectare. As visitas neste local precisam ser autorizadas pela Marinha e todas as expedições só ocorrem com as devidas instruções e acompanhadas por um médico, caso alguém seja picado.

Mas, apesar de tanta variedade, não podemos nos esquecer de que nós, seres humanos, criamos as nossas próprias ilhas. Afinal, não podia ser diferente já que construímos impérios, cidades, arranha-céus multimilionários, hotéis de luxo, aeroportos flutuantes e muito mais não é mesmo? E hoje você irá conhecer 10 exemplos de ilhas artificiais incríveis que estão espalhadas pelo mundo. Veja só:

10 – Ilha de Thilafushi, a “Ilha do Lixo” nas Maldivas

@Shutterstock

Thilafushi está localizada a poucos quilômetros a oeste da capital maldiva de Malé, ficando muito longe das praias de areia branca e das águas turquesas que a cercam.

Antes era uma lagoa intocada no meio das Maldivas, mas agora essa ilha artificial serve como um depósito de lixo de um dos destinos turísticos mais exclusivos do mundo.

Centenas de toneladas de resíduos sólidos e material tóxico de Malé, oriundos dos hotéis de luxo em ilhas próximas, são todos os dias descarregadas em Thilafushi. A quantidade de resíduos continua a crescer à medida que mais e mais turistas migram para as ilhas, tornando este local o paraíso do lixo.

Para se ter ideia, a ilha mede cerca de 70 campos de futebol – que, nessa perspectiva, estariam repletos de lixo a céu aberto, com fumaça tóxica que penetra pela pele e através das roupas, fazendo o nariz arder, os olhos lacrimejarem, o estômago se embrulhar e causando uma intensa sensação de enjoo, onde o pôr do sol se mistura com as nuvens densas e escuras de vapor de dioxina.

Você teria coragem de conhecer esse local?

9 – Ilhas Venezianas, em Miami

@Wikipedia

As Ilhas Venezianas fazem parte de um complexo artificial que compõe Miami Beach. Essas ilhas são: Biscayne Island, San Marco Island, San Marino Island, Di Lido Island, Rivo Alto Island e Belle Isle.

As ilhas são ligadas por pontes e cada uma das seis Ilhas Venezianas contém casas à beira-mar e terrenos secos, em uma variedade de estilos arquitetônicos bem diferenciados.

Os estilos vão do tradicional ao moderno, ao passo que cada casa é incrivelmente decorada e em lotes bem espaçados.

Nas ilhas é possível encontrar mercados, restaurantes finos de alto padrão e boutiques que ficam em locais estratégicos entre uma ilha e outra, para facilitar o turismo.

Bem, essa parece uma opção bem mais favorável que a anterior, não é mesmo?

8 – The Pearl-Qatar, Catar

@Wikipedia

The Pearl-Qatar é uma ilha artificial localizada em Doha, no Catar, e possui quase quatro milhões de metros quadrados. Acredite se quiser, mas este foi o primeiro território do Catar a estar disponível para propriedade plena de estrangeiros, sendo que até à primavera de 2011 a ilha contava com mais de 3000 residentes.

Seu nome, “The Pearl” foi escolhido porque a ilha foi construída sobre um dos principais locais de mergulho que conta com a maior concentração de pérolas do Catar. E o curioso é que o Catar era um dos principais comerciantes de pérolas da Ásia antes dos japoneses introduzirem pérolas mais baratas e acessíveis, pouco tempo antes do boom do petróleo acontecer por lá.

Hoje em dia, o projeto da ilha artificial possui acomodações residenciais, hotéis e áreas de lazer e comércio. As pessoas usufruem de uma variedade de cafés e restaurantes internacionais. Toda essa estrutura é capaz de representar o rico passado do Qatar na indústria de pérolas já que alguns até mesmo acham que o formato da ilha seja parecido com um colar de pérolas.

7 – Ilha de Peberholm, Copenhague

@Wikipedia

Peberholm é uma pequena ilha artificial localizada em território dinamarquês, no estreito de Øresund, que liga a Dinamarca à Suécia. A ilhota, que não pode ser visitada, possui quatro quilômetros de comprimento e 500 metros de largura e foi construída para servir de base para a ponte que liga as cidades de Copenhagen, na Dinamarca e Malmö, na Suécia.

Ao vermos de longe, a impressão de onde a ponte se conecta com o túnel é de que ela imerge nas águas.

Hoje em dia, além de comportar a boca do túnel submerso o local também é uma espécie de santuário ecológico que abriga mais de 300 espécies de aves marinhas e plantas, ao passo que o seu desenvolvimento se deu de forma bem interessante, já que Peberholm, desde o início, foi considerada um “experimento biológico”.

Os cientistas previram que a natureza colonizaria a ilha e a faria florescer por conta própria, sem nenhuma interação humana, até que em junho de 2007, 454 espécies de plantas acabaram sendo registradas por ali.

Desde 2008, o número de espécies de aves, coelhos, insetos, besouros e até mesmo borboletas têm aumentado e agora se reproduzem regularmente em Peberholm, mantendo uma diversidade de espécies que são raras ou ameaçadas na região.

6 – Durrat al-Bahrain , em Bahrain 

@Wikipedia

Durrat al-Bahrain é um complexo de 14 ilhas artificiais que foram erguidas para finalidade residencial e comercial, e seu projeto não deixa a desejar: ela contém uma ampla gama de hotéis de luxo no reino islâmico a extremo sul da Ilha do Bahrain, sendo um atrativo para turistas do mundo inteiro.

Esta ilha pode ser fotografada a partir da Estação Espacial Internacional em sua completa magnanimidade e o resultado das imagens não poderia ser mais impressionante.

5 – Ilhas Flutuantes de Uros, no Peru

@Wikipedia

Estas ilhas flutuantes artificiais estão localizadas no Lago Titicaca e datam do período pré-colombiano, estando aproximadamente 4.000 metros acima do nível do mar. Elas foram desenvolvidas com a Totora, um tipo de junco nativo da Baía de Puno, uma que planta possui uma raiz parecida com xaxim, que possibilita a flutuação.

O povo Uros, que coexistiu com a civilização inca, sempre levou um estilo de vida muito simples e, no entanto, sobreviveu aos tão conhecidos incas. As ilhas flutuantes, inclusive, foram criadas para proteção contra esses povos, pois no passado elas não eram fixas e flutuavam por todo o lago.

Hoje em dia elas são um grande ponto turístico e abriga aproximadamente 300 famílias.

4 – Ilha Danúbio, Viena

@Wikipedia

Também conhecida como Donauinsel, está é uma ilha longa e estreita situada no centro de Viena entre o rio Danúbio e o canal escavado paralelo Neue Donau, ou seja “Novo Danúbio”.

Esta ilha possui 21,1 km de comprimento por apenas 70-120 metros de largura somente. Pode parecer pequena, mas de pequena não tem nada: a ilha do Danúbio abriga clubes, bares, restaurantes e festivais de músicas populares, proporcionando experiencias incríveis para quem deseja visitá-la.

3 –  Île aux Cygnes, Paris

@Wikipedia

Além de abrigar as incríveis catacumbas, Paris também abriga uma ilha artificial incrível, chamada Île aux Cygnes.

Esta é uma pequena ilha artificial que fica ao sul do Sena e foi desenvolvida em 1827 para proteger o porto de Grenelle.

Com apenas 850 metros comprimento e 11 metros de largura,  o local abriga a versão parisiense da Estátua da Liberdade de Nova York, um grande atrativo turístico para o mundo.

2 – Ilhas Mundo, Dubai

@Wikipedia

Conhecida ao redor do mundo como “The World”, este é um arquipélago artificial de várias pequenas ilhas, que foram feitas na forma aproximada de um mapa-múndi.

Essa verdadeira obra de arte está localizada nas águas do Golfo Pérsico, a 4 km da costa de Dubai, Emirados Árabes Unidos.

Elas são compostas de areia que é dragada das águas costeiras rasas de Dubai e, originalmente, foi um projeto concebido pelo governante de Dubai: o Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum.

1 – E, por último, mas não menos importante: Palm Jumeirah, também em Dubai 

@Wikipedia

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre Palm Jumeirah, uma ilha em formato de palmeira que é considerada como a maior ilha artificial do mundo e o paraíso da ostentação onde pessoas possuem onças de estimação e carros de ouro, não é mesmo?

Esta ilha é composta por um tronco de dois quilômetros de comprimento e uma coroa, além de 17 folhas e uma ilha circundante crescente, que forma uma barreira às ondas.

Após vários anos de estudos de viabilidade, a Palm Jumeirah foi finalmente lançada em 2001. Desde o final de 2006, as primeiras residências da ilha, que compreendem 4.000 vilas e apartamentos de luxo, foram entregues em fases aos seus respectivos proprietários.

Desde então, os elementos de turismo, lazer e varejo da ilha foram desenvolvidos, criando um destino residencial e turístico espetacular e de renome mundial para quem adora inovações de todos os tipos.

E você, teria medo de conhecer alguma dessas ilhas ou a curiosidade venceria essa batalha? Conte pra gente nos comentários!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.