Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

10 fatos sobre comida que todo mundo deveria conhecer

Parece que sabemos de tudo, ou de quase tudo, sobre o que comemos porque lemos atentamente os rótulos ou procuramos no Google, não é mesmo? Mas será que isso é o bastante?

Reunimos uma lista de fatos curiosos que irão fazer você mudar sua opinião sobre alimentos tradicionais. Confira a seguir 10 fatos sobre comida que todo mundo deveria conhecer:

10 – O cultivo de plantas geneticamente modificadas é permitido na maioria dos países

 

Na maioria dos países, plantas geneticamente modificadas podem ser cultivadas sem restrições porque ainda não há provas científicas de que tais plantas sejam mais nocivas do que as naturais. Os produtos geneticamente modificados mais comercializados são a soja, o milho, o algodão, a canola e a beterraba.

9 – O vinagre balsâmico verdadeiro não é barato

O vinagre balsâmico tradicional é produzido a partir do suco de uvas brancas recém-colhidas, cozido para criar um concentrado, que é fermentado com um processo de envelhecimento lento por pelo menos 3 anos (os melhores tipos – até 100 anos). Claro, um processo tão complicado de produção afeta o preço do produto. É por isso que, ao comprar uma garrafa de vinagre balsâmico por menos de 100 reais, pode ter certeza de que está longe de ser o verdadeiro.

8 – Os biscoitos da sorte não são originários da China

Esses biscoitos são tradicionalmente considerados parte da culinária chinesa. Mas isso é um mito. Você dificilmente os encontrará na China. Na realidade, os biscoitos da sorte foram inventados em São Francisco, nos EUA, por japoneses americanos.

7 – Wasabi falso

O wasabi genuíno só pode ser encontrado no Japão, onde é cultivado sob certas condições: em água corrente a uma temperatura de 10-17° C. As raízes de Wasabi amadurecem em 3-4 anos e 500 g custa mais de US $ 100. É por isso que o wasabi comercializado fora do Japão é uma imitação, que consiste em rábano, mostarda, amido e coloração alimentar verde.

6 – Comemos insetos e nem sabíamos disso

O pigmento de alimentos carmim, também conhecido como E120, é usado para adicionar cor vermelha aos produtos alimentares. Mas nem todos sabem que o carmim é produzido a partir de ácido carmínico, gerado por alguns insetos de escama, como a cochineal.

5 – Ketchup pode ser produzido sem tomate

A despeito do fato de os tomates serem baratos (em comparação com o wasabi, por exemplo), eles são frequentemente substituídos por ingredientes mais baratos, como molho de maçã, diferentes espessantes, corantes e outros aditivos. Para distinguir um ketchup falso, primeiro veja a cor – deve ser vermelho ou vermelho escuro. Quanto à consistência, o ketchup real não é geralmente muito aguado.

4 – Por que crackers têm furos?

Os buracos em crackers não são um toque decorativo. Eles garantem que assem corretamente. Caso contrário, eles não seriam tão finos e crocantes. Por sinal, os primeiros crackers produzidos nos EUA tinham furos feitos manualmente. Consistia de 13 furos, que correspondia ao número de estados do país naquela época.

3 – A contagem de calorias mostrada em embalagens pode ser imprecisa

O problema é que o sistema de medição de calorias é variável. Por exemplo, não conta como a variação de acordo com o tipo de alimento ou o indivíduo que o está consumindo. Recentemente, os cientistas descobriram que as amêndoas inteiras possuem cerca de 20% menos calorias do que se pensava originalmente e pistaches possuem 5% menos calorias.

2 – Alguns alimentos podem desaparecer para sempre

Infelizmente, devido às mudanças climáticas e outros fatores negativos, alguns alimentos estão à beira da extinção. Isso inclui:

Certos tipos de maçãs que precisam de invernos mais frios.

Abacates, devido ao fato de seu cultivo não ser lucrativo. Para colher 500 g desta fruta exige 130 litros de água.

Muitas bananas foram afetadas por uma epidemia de doenças de fungos, e as plantas começaram a morrer rapidamente.

Mel. Nos últimos anos, o número de colônias de abelhas diminuiu significativamente. Os motivos são os ácaros da Ásia (introduzidos há 30 anos), pesticidas e a pobre nutrição das abelhas.

Chocolate. Como afirmam os cientistas, a qualidade dos grãos de cacau piorou significativamente nas últimas décadas, portanto cultivos foram reduzidos pela metade.

1 – Certas belas e guloseimas contêm a mesma cera que ceras de automóveis

Além de gelatina, corantes e outros ingredientes, certas balas e guloseimas também contêm cera de carnaúba, uma cera das folhas de palmeiras. A mesma cera é usada para ceras de automóveis, ceras para móveis e é mesmo usada na indústria de cosméticos.

Bônus: a pizza mais cara do mundo

Os ingredientes desta pizza incluem trufas, caviar ossetra, queijo stilton e folhas finas de ouro 24K. É difícil adivinhar se o sabor vale tanto. Mas se você tiver US $ 2,700, você pode experimentar este prato no restaurante Industry Kitchen em Nova York. [Brightside]

Comentários
Carregando...