10 animais gigantes e assustadores que viveram depois dos dinossauros

Ao longo da história do nosso planeta, muitos foram os animais que passaram por ele, construíram seus legados e suas reputações e, pelos mais diversos motivos, acabaram deixando de existir. Muitas pessoas lembram apenas dos dinossauros, conhecidos por serem temíveis predadores, mas a verdade é que mesmo depois da extinção destas criaturas, outros animais assustadores surgiram.

Confira, na lista abaixo, alguns dos animais incríveis que viveram depois dos dinossauros.

1. Basilossauro

WikiCommons

Este animal extremamente antigo viveu há cerca de 34 milhões de anos, e é um ancestral primitivo das baleias. Na época em que esteve espalhado pelos oceanos da Terra, o Basilossauro era extremamente temido por outras espécies, já que com cerca de 20 metros de comprimento, nenhum animal marinho gostava de encontrá-lo por aí.

2. Argentavis

Pinterest

Também conhecido como ‘Ave Argentina’, esta é uma das maiores aves de que a ciência já teve conhecimento. Ao todo, ela podia alcançar estonteantes 7 metros de envergadura, pesando mais de 70kg. Hoje em dia, as maiores aves conhecidas não passam de 3,5 metros de envergadura, para efeito de comparação.

3. Purussauro

WikiCommons

Há cerca de 8 milhões de anos este animal era o pesadelo de tudo aquilo que entrava no seu caminho. Com 13 metros de comprimento, este crocodiliano primitivo não tinha muitos adversários à sua altura na cadeia alimentar.

4. Deodon

Este animal, que faz parte da linha evolutiva dos porcos, viveu principalmente na América do Norte, há mais ou menos 19 milhões de anos. Apenas sua cabeça tinha 1 metro de comprimento, e ao todo ele podia ter 1,8m de altura. O Deodon em quase nada se parecia com os simpáticos suínos de hoje em dia.

5. Indricotherium

Shutterstock

Este animal é considerado por muitos cientistas o maior mamífero que já rondou o nosso planeta, podendo medir até 5 metros de altura, pesando algo em torno de 20 toneladas! Evolutivamente falando, é possível relacionar esta espécie com os rinocerontes.

6. Megalania

Amino

Se hoje em dia as iguanas e os lagartos não nos causam tanto medo assim, as coisas não funcionavam desta forma no passado. Há cerca de 40 mil anos, este animal gigantesco rondava o território que hoje conhecemos como Austrália, junto com outras criaturas assustadoras, pertencentes à chamada megafauna australiana.

7. Titanoboa

Shutterstock

Você tem medo de cobras? Então agradeça por ter nascido a mais de 58 milhões de anos da extinção da Titanoboa. Essa é a maior cobra já descoberta pela ciência, podendo ter 12 metros de comprimento. Algo em torno de 30 fósseis desta criatura foram encontrados na Colômbia, mas os pesquisadores estimam que ela pode ter se espalhado também por outros países da América do Sul.

8. Kelenken

Kelenken

Descendente direto dos dinossauros, essa ave podia até não ter asas grandes o suficiente para voar, mas isso não as impedia de “tocar o terror”. Com um poderoso bico curvo, semelhante a um gancho, era uma grande ameaça a qualquer ser vivo que pudesser caber na sua boca.

9. Livyatan Melvillei

Pinterest

Este animal recebeu o seu nome em homenagem ao lendário animal da Bíblia, o Leviatã. De acordo com o que a ciência já encontrou sobre ele até hoje, trata-se de um tipo primitivo de baleia que alcançava mais de 18 metros de comprimento, e se alimentava até mesmo de outras baleias.

10. Megalodonte

Shutterstock

Os tubarões já existem no nosso planeta há pelo menos 400 milhões de anos, e já se mostraram capazes de suportar vários desastres naturais ao longo de todo esse tempo. No entanto, ainda que continuem sendo extremamente assustadores atualmente, eles já foram muito piores. O Megalodon, por exemplo, cuja real existência ainda é alvo de alguns debates, podia medir mais de 18 metros de acordo com algumas fontes, o que faz dele potencialmente o maior predador que já passou pelo planeta Terra.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.