Não, o Egito não é o país com mais pirâmides no mundo

876 visitas
Não, o Egito não é o país com mais pirâmides no mundo

Graças ao cinema, quando a maioria de nós pensa em pirâmides, as imagina no Egito, com suas grandes fórmulas triangulares que são praticamente um símbolo do país.

Há um problema nisso: o Egito não é o país com mais pirâmides no mundo; nem mesmo no Norte da África. Esta honra pertence ao vizinho do Sul, o Sudão.

Sim, o Sudão é o país com mais pirâmides do mundo. Lá existem entre 200 e 255 pirâmides conhecidade, em comparação com as 138 egípcias. Além disso, elas não foram criadas pelos antigos egípcios que poderiam ter ido para o sul.

Ao invés disso, as pirâmides do Sudão foram construídas por membros do reino de Cuxe, uma civilização antiga que dominou regiões ao longo do rio Nilo entre 1070 a.C e 350 d.C.

Os cuxitas só começaram a construir pirâmides 500 anos depois dos egípcios, e ambas as culturas faziam isto para enterrar seus mortos. Os tamanhos das pirâmides das duas culturas diferem muito. A pirâmide cuxita varia de 6 a 30 metros, enquanto a egípcia tem em média 138 metros.

Uma das maiores concentrações de pirâmides cuxitas é a antiga cidade de Meroé, que é localizada no centro do Sudão. Só esta cidade contém cerca de 200 a 255 pirâmides, sugerindo que em algum momento foi uma metrópole.

 

 

Apesar de se saber o período em que foram construídas, os pesquisadores ainda têm muitas dúvidas sobre as pirâmides sudaneses. Algumas delas são sobre os métodos utilizados, o tempo que se demorou e o impacto social.

A boa notícia é que diversas equipes de arqueólogos trabalham em Meroé buscando as respostas. Um dos principais artifícios utilizados é o emprego de drones para digitalizar a área vista de cima.

Além de não ter o maior número de pirâmides, o Egito também não tem a maior pirâmide do mundo. Caso queira ver a maior pirâmide do mundo, é preciso ir para o México, onde a Grande Pirâmide de Cholula está escondida dentro de uma montanha.

CONTINUAR LENDO
20 anos, morador de Porto Alegre/RS. Foragido da Engenharia de Energia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, iniciou a graduação em Administração na mesma universidade. Viciado em HQs da DC Comics e em gatos, este autor tornou-se a pessoa mais feliz do mundo ao transformar seu hobby em trabalho: escrever para o Mistérios do Mundo e Climatologia Geográfica. Contato para dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro feedback: matheusgoncalves.d@gmail.com ou só clicar no botão que redireciona para o Facebook.

Comentários