Esses testes revelam como nosso cérebro “inventa” parte de nossa visão periférica

2.024 visitas
Que nossos olhos e cérebro podem nos enganar, talvez você já desconfie.

Que nossos olhos e cérebro podem nos enganar, talvez você já desconfie. Isso acontece principalmente porque a visão central consegue captar muito mais detalhes em foco do que a visão periférica.

Como não consegue captar tudo, nosso cérebro então “inventa” o restante da visão, chamadas de “ilusão de uniformidade”. Nos testes abaixo você conseguirá perceber como isso funciona.

Escolha um ponto no centro da figura para focar e fixe o olhar para perceber a ilusão

O mundo ao seu redor pode não ser exatamente como você imagina. Estudos mostram que o que vemos em nossa visão periférica pode ser uma “ilusão” do cérebro. 

De acordo com o estudo, publicado no Psychological Science, a visão periférica tem mais dificuldade em captar detalhes, por isso o cérebro “inventa” o que nós vemos, mas no dia a dia sequer notamos algo de diferente.

Marte Otten, pesquisador da Universidade de Amsterdã, afirmou que “as descobertas mostram que de acordo com as circunstâncias corretas, uma enorme parte de nossa visão periférica pode ser apenas uma ilusão visual”.

Esse efeito mostra que o “preenchimento” é um mecanismo de percepção “automático” do cérebro.

Durante a pesquisa, 20 pessoas foram convidadas a olharem as imagens focando num ponto do centro. O efeito de “preenchimento” do cérebro os fazia ver eventualmente uma certa uniformidade ao redor. Você pode conferir algumas das imagens dos testes abaixo:

Os pesquisadores também pediram aos participantes para clicar com o mouse o mais rápido que percebessem a diferença entre a imagem central e a periférica. Eles criaram uma série de variações, alterando formato, orientação, iluminação, sombra e movimento na imagem central.

Os participantes notaram que era possível perceber a experiência da uniformidade tanto quando ela existia quanto quando era apenas ilusão.

“O mais surpreendente é que encontramos uma nova classe de ilusões de ótica, estimulando diferentes partes do cérebro no campo da visão”. 

Fundador e proprietário do site e página Mistérios do Mundo, formado em Análise de Sistemas e amante da natureza, ciência e tecnologia. Largou o emprego para se dedicar exclusivamente a esse projeto e faz isso desde 2014. É paulista, e mora em Cascais/Portugal. Meu perfil pessoal: https://www.facebook.com/LucasRabelloMDM

Comentários