5 mistérios famosos (solucionados com ciência básica)

Sangramento de estátuas religiosas
6.688 visitas
Muitos mistérios podem apresentar uma solução mais simples do que se poderia imaginar, sem necessitar recorrer ao sobrenatural ou ao místico.

Alguns casos intrigam não apenas a mera população comum como também grandes equipes de cientistas, porém alguns deles podem apresentar uma solução mais simples do que se poderia imaginar, sem necessitar recorrer ao sobrenatural ou ao místico. Aqui estão 5 casos famosos e ilustrativos:

# 5. O Bloop

Em 1997, a internet estremeceu por uma gravação sonora subaquática captada por dois microfones separados, colocados a 4828 km de distância, no Oceano Pacífico. Os cientistas passaram a acreditar que tratava-se de um predador grande e assustador, classificando o som como “Bloop”.

Mas, na verdade…

O “Bloop” era apenas o som do gelo antártico se rompendo e caindo na água. Basicamente, o mesmo som que se ouve quando um cubo de gelo cai em uma bebida, mas ampliado para uma escala continental. E os cientistas descobriram isso há algum tempo atrás, apesar de se suspeitar o tempo todo. Como de costume, a explicação sobrenatural foi o resultado de uma especulação ociosa que sai em disparada através do jornalismo científico.

# 4. O desaparecimento das abelhas

Ei, lembra quando disseram que todas as abelhas na Terra estavam misteriosamente morrendo? Isso não deve-se ao aquecimento global, nem a alienígenas, nem à inteligência coletiva das abelhas fazendo com que migrassem para Marte devido à poluição.

Na verdade…

As causas são apenas os venenos que temos pulverizado em nossas plantas. Sim, são os pesticidas! Descobriram isso em 2014. A redução nas populações de abelhas, formalmente conhecida como “transtorno de colapso de colônias”, tem sido conclusivamente um resultado direto do aumento de uma classe de pesticidas chamados “neonicotinóides” nos últimos anos.

Ainda não sabemos completamente a razão disso ocorrer, porque a exposição aos neonicotinóides não mata as abelhas diretamente (suspeita-se que realmente torna as abelhas mais suscetíveis a doenças, mas as pesquisas ainda são inconclusivas). O importante é que as abelhas estão se recuperando muito bem. Em parte porque já colocamos restrições a esses pesticidas há muito tempo, e em parte porque há muitas abelhas por aí. Esse famoso “declínio” de população significa que há apenas 20 bilhões de novas abelhas nascidas todos os dias no momento, em vez dos 25 bilhões que você se poderia esperar há 10 anos.

# 3. Luz alienígena em Ceres

Em 2015, a sonda Dawn da NASA visitou Ceres, um planeta anão que fica entre Marte e Júpiter, e enviou algumas imagens instantâneas onde uma das crateras parecia estar iluminada. Vamos imaginar, não se pode pensar em muitas explicações que não envolvam alienígenas e suas tecnologias.

Mas, na verdade …

Os cientistas ficaram intrigados com o fenômeno, pelo menos por alguns meses, até que olharam de perto e descobriram que era apenas uma grande pilha de sal. Sim, apenas sal comum. Parece estar brilhando porque reflete a luz do sol muito melhor do que a superfície escura ao seu redor. E os cientistas ainda estão super animados, só porque isso implica que Ceres teria oceanos no passado. Mas e aquelas fotos incríveis da cratera, iluminando todo o lado do planeta como um LED gigante? A maioria dos tabloides apenas deixaram as imagens com uma resolução diferenciada com “realces de cor falsa.” Em outras palavras, são melhoradas com montagem.

Use o menu abaixo para continuar lendo o post.

Duda Fernandes é paulista, está cursando o ensino médio e faz parceria com a Mistérios do Mundo desde 2016. Apaixonada por ciência, amante da astronomia e afeiçoada à tecnologia!

Comentários