5 dicas que farão você sair da zona de conforto

852 visitas
Ficamos ali estancados, procrastinando para fazer as coisas que são importantes e na realidade nada fazemos

A zona de conforto é sem dúvida o local favorito da maioria das pessoas, já que nela ficamos tão abandonados pela vida que pensamos “estarmos felizes”, quando na verdade não estamos.

Ficamos ali estancados, procrastinando para fazer as coisas que são importantes e na realidade nada fazemos, de modo que, quando uma situação nos aparece para dar aquele tapa na cara, ficamos totalmente perdidos e sem saber o que fazer.

Por isso, se você sente que sua vida não vai pra frente, saiba que você está na zona de conforto, mas que com essas cinco dicas preciosas, você poderá sair dela com mais facilidade:

5 – Comece a aceitar que tudo é impermanente

Todas as pessoas tendem a pensar que a “boa vida” é para sempre e se torna muito fácil acomodar-se com algo que seja agradável. Caso você seja dependente financeiro ou emocional de alguém, lembre-se de que essa pessoa não estará com você para sempre e, além de não aproveitar de forma inteligente sua convivência com essas pessoas, você estará se imobilizando para qualquer mudança. Já dizia Darwin que não é o mais forte, porém o mais adaptado que sobrevive. Portanto, adapte-se à vida e não tenha medo dos desafios que ela oferece.

4 – Ocupe-se mais e preocupe-se menos

Pré ocupar-se já nos diz que é ocupar-se previamente de alguma coisa. O preocupado nunca está ocupado e sim desgastando-se emocionalmente por coisas que inclusive não acontecem na maioria das vezes.

O ditado “mente vazia, oficina do diabo” é válido neste caso. Portanto, ocupe-se com atividades úteis ao invés de jogar-se na vida, no sofá e ficar maquinando possibilidades ruins à sua vida e à dos outros.

3 – Limpe e organize suas coisas

Qualquer ambiente sujo e desorganizado torna a atenção e a concentração muito mais difícil. Portanto, para sair da zona de conforto, comece lançando ao lixo tudo o que não presta e depois limpando e organizando seus pertences. Faça isso necessariamente nesta ordem para você não correr o risco de organizar o lixo e perder tempo fazendo tudo novamente.

Exerça sua generosidade doando aquilo que pode ser útil a outro e, no entanto, você não usa. Sua vida ficará muito mais leve.

2 – Faça as coisas de forma certa

Dormir o necessário, acordar, exercitar-se e principalmente se alimentar direito são fundamentais para você sair de sua zona de conforto.

Alimentos pesados e gordurosos geram fadiga, preguiça, e isso te tornará muito mais propenso a se jogar no sofá do que em fazer algo definitivamente útil.

1 – Descubra o universo

Quem somos nós? De onde viemos? Para quê e por que tudo existe? A compreensão dessas questões fundamentais são talvez o maior motor que levou a humanidade a desenvolver tantos campos de conhecimento.

Quando nos interessamos por saber qual é o nosso papel nessa vida, por incrível que pareça, acabamos achando e isso é o que nos dá o pontapé de vez para a fora da zona de conforto.

Portanto, estude, vá atrás das respostas e jamais contente-se com uma vida simples de apenas existir, lutar para sobreviver, reproduzir-se e morrer. Viva!

CONTINUAR LENDO
Luciana Calogeras é professora e pesquisadora curiosa em diversas áreas do conhecimento. Qualquer sugestão ou feedback, fique à vontade para entrar em contato em seu perfil do Facebook.

Comentários