15 coisas bizarras que ocorrem com a mulher durante a gravidez

15 coisas estranhas que ocorrem com a mulher durante a gravidez
14.131 visitas
Neste artigo, estaremos falando sobre as coisas mais estranhas que podem acontecer com as mamães quando ainda esperam o bebê.

Ter um bebê é uma ótima experiência. E quem está esperando a chegada de um filho está ciente das complicações envolvendo a gravidez relacionadas ao estilo de vida. Mas neste artigo, estaremos falando sobre as coisas mais estranhas que podem acontecer com as mamães quando ainda esperam o bebê, que o seu médico pode ter ignorado.

15. Efeito almofada humana

Via shouldercommunity

Nesse período de 9 meses são necessários exames de sangue e vacinas preventivas. Um exame de sangue para isso e um exame de sangue para aquilo, uma vacina para isso e uma vacina para aquilo, haverá também grandes quantidades de multivitaminas e outras substâncias injetáveis que parecerão mais instrumentos de tortura. Sem esquecer de outros exames intravenosos e anestesias.

14. Complicações matinais como você nunca imaginaria

Via BloodyDisgusting Por conta das alterações hormonais, a maioria das grávidas apresenta um quadro de êmese gravídica, ou seja, vômitos durante a gravidez. Aqui falaremos da hiperêmese gravídica, que é o excesso de náuseas e vômitos durante a gestação. Esta complicação se desenvolve em algum momento ainda no primeiro trimestre e é mais grave do que os comuns enjoos matinais. Faz a gestante vomitar qualquer coisa que colocar na boca. E pode acontecer a qualquer hora do dia e da noite, agravada pelos cheiros e odores dos alimentos. Isso é péssimo e precisa de atenção médica urgente.

13. O sangue fica estupidamente espesso

Via YoutubeNenhum de nós prestamos muito atenção a esse pequeno detalhe: tipagem sanguínea (A, B, O ou AB). E quando se está grávida este pequeno detalhe pode se transformar em um pesadelo. O fator Rh é um tipo de camada de proteína nas células do sangue – um ‘+’ (positivo) significa que você a tem e um ‘-‘ (negativo) significa que você não a tem. O problema surge quando a mamãe é Rh- e o bebê lá dentro é Rh +. O sangue da gestante não gosta de toda essa proteína no sangue do bebê e começa a produzir anticorpos para combater esse mal, reagindo como se ele fosse um “invasor”. Esse fenômeno é conhecido como “sensibilização” e geralmente não causa problemas numa primeira gravidez, mas pode se agravar nas próximas gestações.

12. Sentar? Não, muito doloroso!

Via RenegadeTribuneMais de 50% das mulheres grávidas parecem desenvolver hemorroidas.  Muitas vezes acompanhadas por constipação e gases intestinais. Basicamente hemorroidas resultam do aumento da pressão nas veias do reto ou ânus. A pressão faz com que as veias inchem, tornando-as doloridas, especialmente quando se está sentado. A boa notícia é que, na maioria dos casos, ter o bebê cura as hemorroidas, uma vez que tira a pressão a qual seus órgãos internos e nervos estavam submetidos. A má notícia é que a constipação pode piorá-las, então é importante lembrar de beber muita água e comer alimentos ricos em fibras.

11. O açúcar é doce, assim como seu sangue

Via MerionFetalHealth O diabetes gestacional é uma condição caracterizada pelo aumento dos níveis de glicose no sangue reconhecido pela primeira vez durante a gravidez, ocorrendo em aproximadamente 4% de todas as gestações. Após o parto, os níveis decaem para a normalidade. Isso pode fazer seu bebê pesar mais do que deveria e também pode haver um risco aumentado de desenvolver diabetes mais tarde. Como se tudo isso não bastasse, ainda prevalecem os desejos insaciáveis à espreita.

Use o menu abaixo para continuar lendo o post. 

Duda Fernandes é paulista, está cursando o ensino médio e faz parceria com a Mistérios do Mundo desde 2016. Apaixonada por ciência, amante da astronomia e afeiçoada à tecnologia!

Comentários